Carnavalesco do Rio pesquisa Corumbá para criar enredo de escola

"Corumbá dá carnaval competitivo, dá um enredo campeão". A afirmação é do carnavalesco Wagner Gonçalves, da escola de samba Inocentes, de Belford Roxo, RJ, que está na cidade deste domingo, pesquisando a história e a cultura corumbaense e pantaneira, para criação dos temas que comporão o enredo da agremiação carioca que em 2012 participa do desfile do grupo de acesso do carnaval do Rio de Janeiro. Acompanhado do vice-presidente da Escola, Rodrigo Gomes, Wagner mostrou-se encantando com a rica história da maior cidade pantaneira, e durante os contatos mantidos nos últimos dois dias, pode observar que o carnaval corumbaense tem um formato muito próximo ao do Rio.

Wagner e Rodrigo, que é filho do presidente da escola de samba carioca, Reginaldo Gomes, chegaram a Corumbá no domingo (15) e, durante um almoço com os dirigentes das agremiações carnavalescas da cidade, organizado pela Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco), tiveram oportunidade de conhecer um pouco mais da festa pantaneira, apontada como uma das melhores do interior do Brasil. Os dois estavam acompanhados do presidente da Liga, José Martinez, e do superintendente de Turismo da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Rodolfo Assef.

Os dois afirmaram na manhã desta segunda-feira (16), que ficaram impressionados com o entusiasmo do corumbaense, "povo apaixonado pelo samba, igual ao carioca". Para o carnavalesco, "Corumbá dá samba", o que o faz sonhar com o título e a passagem para o grupo principal do carnaval carioca. "A cidade possui uma história muito rica, muita cultura, coisas que não se acha em livro", destacou, afirmando estar tendo uma "aula de história, de artes plásticas", enquanto visitava a casa de dona Izulina Xavier, já convidada para desfilar pela Inocentes de Belford Roxo em 2012.

Rodrigo informou que a agremiação trabalha para fazer um belo carnaval em 2012 e subir ao grupo principal. Não conhecia Corumbá e também se disse encantado com a sua história, cultura e com o povo. Afirmou que seu pai acertou em estabelecer esta parceria e mostrar a Cidade Branca "para o mundo" no carnaval carioca de 2012. Lembrou que o enredo começou ser formatado durante uma visita de José Martinez ao barracão da agremiação, quando sugeriu a possibilidade da Cidade Branca ser enredo da escola.

Zezinho Martinez e Rodolfo Assef estão otimistas. Principalmente pelo fato de que, compositores corumbaenses, integrantes da escolas de samba do primeiro e segundo grupo, vão participar da escolha do samba enredo da Inocentes de Belford Roxo. "O vencedor daqui de Corumbá vai direto para a final, junto com outros três sambas que iremos escolher no Rio de Janeiro", explicou Rodrigo. Para Assef, será uma grande excelente oportunidade para Corumbá ser mostrada para todo o mundo, pela TV, e muito mais ainda em caso de vitória da escola com um enredo contando a história e as riquezas corumbaenses.