Agetrat adesiva frota de táxi e facilita identificação para usuário

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetrat) de Corumbá está facilitando para o usuário a identificação dos táxis que circulam pela cidade. Até o final desta semana, toda a frota de veículos – composta por 92 carros regularizados – estará adesivada com um número específico e, no interior do automóvel, outro informe com a lei que determina a utilização do taxímetro (aparelho que mede o valor cobrado pelo serviço, com base em uma combinação entre distância percorrida e tempo gasto no percurso), os telefones para denúncia e as sansões previstas aos concessionários.

"Todos os táxis terão um número que vai facilitar à população a identificação do carro e do motorista que o atendeu. Com base nisso, ele pode fazer uma reclamação na Agetrat caso não seja bem atendido ou o motorista se recuse a ligar o taxímetro, o que é expressamente proibido", explicou o diretor-presidente da Agência Municipal de Trânsito, Gerson Moraes. Ele também lembrou que o taxista não pode escolher o passageiro com base no trajeto que será percorrido. "O taxista tem que atender da mesma forma qualquer pessoa, independente da distância que este cliente vai andar", justificou.

Os veículos estão sendo adesivados por ponto. Até a sexta-feira, todos estarão identificados com os números disponibilizados pela Agetrat, que também realiza o cadastramento do permissionário e/ou dono do táxi. Essa medida vai evitar que uma pessoa não autorizada esteja conduzindo um carro regulamentado para o transporte de passageiros. "Caso este procedimento seja flagrado em uma blitz, o motorista e o dono do veículo serão notificados", alertou Gerson.

Tabela

A Agetrat montou uma tabela de referência de valores dos táxis de Corumbá. O serviço ajuda os usuários na orientação do valor que será pago em determinado trajeto. A tabela foi constatada pelos fiscais de transporte e serve como um parâmetro para que todos os taxistas, obrigatoriamente, utilizem o taxímetro. Os valores simulam a quilometragem e o local de onde originou a corrida.

Valores a serem cobrados pelos taxistas no município, conforme Decreto 029/2002, é o seguinte: preço da bandeirada R$ 4.55, sendo a bandeira 01 de R$ 2.80; a bandeira 02 de R$ 3.40; e o volume R$ 0.56. A bandeira 01 aplica-se às corridas dentro da área delimitada, da Rua Edu Rocha até a Rua Albuquerque, e acima da linha férrea. A bandeira 02 aplica-se fora da área delimitada, e no período compreendido entre 22 horas e 06 horas, além de domingos e feriados. A tabela de referência pode ser baixada neste link .