Prefeitura assegura políticas públicas para indígenas de Corumbá

O Brasil comemora neste dia 19 de abril o Dia do Índio. Em Corumbá, a Prefeitura Municipal, por meio da secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais e de Assistência Social e Cidadania e Educação, trabalha em prol da garantia das políticas públicas para a população indígena. O município abriga a Aldeia Uberaba, localizada na ilha Ìnsua, onde vivem os Guatós. A partir de parcerias, há a garantia de atendimento social e educação para os nativos.

Com uma população estimada em 250 pessoas (cerca de 50 famílias), os índios Guatós recebem atendimentos sociais por meio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras Intinerante) e ação Povo das Águas. Equipes formadas por médicos, odontologistas, enfermeiros e assistentes sociais visitam constantemente a região, localizada a 350 quilômetros da área urbana de Corumbá. A escola municipal Porto Índio leva educação para crianças e adolescentes e parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) garante atendimento aos indígenas.

Em 2009, por meio da iniciativa do deputado estadual Paulo Duarte (PT), o Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer de Corumbá passou a chamar "Nação Guató", como forma de homenagear os índios canoeiros do Pantanal. Em Mato Grosso do Sul vivem cerca de 58.000 índios de várias etnias sendo elas Atikum, Guarani-Kaiwa, Guarani – Nhowdewa, Kadweus, Kilikinao, Afaie – Xavante, Terenas e Guató.

"Realizamos vários eventos relacionados a reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras, respeito as suas manifestações culturais e inclusão a cidadania dos povos indígenas e tradicionais", disse Rogério César dos Santos, Assessor da Promoção da Igualdade Racial. Entre as ações estão atividades pedagógicas com alunos da Rede Municipal de Ensino (Reme).