Para Ruiter, Escola de Governo assegura serviços de qualidade

Servidores municipais considerados de ponta, que exercem funções diretamente ligadas ao público, serão os primeiros a participar dos cursos de capacitação a cargo da Escola de Governo. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (26) pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), durante reunião de integrantes da instituição criada no final de 2010 pelo chefe do executivo corumbaense, com secretários municipais, superintendentes e outros gestores responsáveis pelas mais diferentes áreas da Prefeitura de Corumbá.

O prefeito destacou que a Escola de Governo, instituída pelo decreto 866, de 27 de dezembro de 2010, é uma ferramenta de extrema importância "para promover a capacitação do servidor, enxergar onde há necessidade de qualificação, resultando em uma melhor qualidade dos serviços prestados à população", argumentou. No contato mantido com os servidores presentes à reunião, Ruiter anunciou que uma das primeiras tarefas da Escola, será promover a qualificação "daquele servidor de ponta, que trabalha ligado diretamente à comunidade, para que o cidadão se sinta satisfeito".

A Escola de Governo, conforme o chefe do executivo, é também um reforço essencial para o setor de recursos humanos do município. Uma das incumbências será auxiliar na avaliação do desempenho de cada servidor, como parte da política salarial, permitindo assim, "remuneração conforme o desempenho do funcionário. Isso vai passar também pela Escola de Governo. Vai auxiliar a reconhecer aqueles que realmente produzem. Não acho justo pagar o mesmo salário para aquele que produz e o que não produz", prosseguiu.

Outra observação do prefeito se refere diretamente à população corumbaense. Conforme Ruiter, um dos objetivos da instituição será a de contribuir na formação de novas lideranças da sociedade civil, para que possam intervir, com conhecimento de causa, no debate sobre as políticas públicas e atendimentos ao cidadão, bem como atuar como centro de produção e difusão de idéias, de conhecimento e de inovações sobre cidadania e gestão pública e social.

A reunião desta manhã foi uma orientação do próprio prefeito. Ele deseja que, antes de tudo, todos integrantes da sua equipe de governo, que exercem funções de chefia, tenham total conhecimento das funções da Escola de Governo, para que sejam parceiros, principalmente na elaboração de uma estratégia de ação, visando a realização dos mais diferentes cursos, para capacitar todos os servidores, principalmente os efetivos, buscando a valorização dos mesmos, sempre com o pensamento voltado para a melhoria da qualidade dos serviços prestados à comunidade.

Maria Antonieta Sabatel, diretora-presidente da Escola de Governo, observou que a orientação do prefeito está sendo seguida à risca. Ela explica que área de atuação se baseia em três eixos. O primeiro se refere à capacitação espontânea da Escola, baseada nas necessidades da administração pública, para eficácia dos serviços, e na capacitação por demanda específica por área, conforme indicação dos gestores; o segundo se refere à formação dos servidores adicionais à escolaridade, para fomentar o retorno à vida escolar, bem como trabalhar especializações envolvendo todos os setores da administração, principalmente com foco ao ensino à distância; e o terceiro eixo é a formação cidadã, voltado especificamente à comunidade, com vista à oferta de emprego, apoio na qualificação e até elaboração de projetos.

"A Escola vai também desenvolver um trabalho voltado á gestão pessoal, auxiliando na avaliação, acessão funcional, progressão de carreira, benefícios que o prefeito tem sendo buscado para o servidor", acentuou Antonieta, lembrando que todos os gestores serão parceiros da instituição, principalmente no sentido de "incentivar o servidor a investir em sua carreira. Esta é a aposta do prefeito para que sua administração seja marcada pela valorização do servidor como um todo, não só na questão salarial, mas também na prestação de um serviço eficaz para atender o próprio funcionário e, principalmente a comunidade".

A reunião foi aberta pelo secretário de Gestão Governamental Cássio Augusto da Costa Marques, que fez um resumo de toda a área de atuação da Escola de Governo, cuja principal incumbência será de formar o servidor e trabalhar com a comunidade. Segundo ele, o encontro foi o primeiro passo para construção do planejamento anual e da participação de todos na elaboração de um cronograma de cursos necessários para atender o servidor e a própria população, com ênfase nas associações de moradores e outros organismos da sociedade civil.

O encontro foi realizado no Centro de Convenções do Pantanal de Corumbá Miguel Gómez e teve a participação também dos secretários Haroldo Ribeiro Cavassa (Assistência Social), Lauther Serra (Saúde) e Beatriz Cavassa de Oliveira (Políticas Públicas Sociais); subsecretário Lamartine de Figueiredo Costa (Relações Institucionais); diretoras-presidentes das fundações de Cultura e Turismo do Pantanal, Heloisa Helena das Costa Urt, e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário, Luciene Deová de Souza Assis, além de outros gestores.