Levantamento sócio-econômico de alunos do Centro Dom Bosco

A Prefeitura de Corumbá iniciou um levantamento sócio-econômico dos alunos que estão participando dos cursos de capacitação profissional no Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco. A iniciativa é da Secretaria de Assistência Social e Cidadania e visa identificar as características sociais, educacionais e profissionais de cada estudante, já com vista à inserção no mercado de trabalho. Faz parte do projeto desenvolvido pela Administração Municipal que, no início de abril, passou a administrar o Centro de Qualificação, após formalizar uma parceria com a Missão Salesiana.

O levantamento está sendo feito pela equipe que integra o setor de trabalho da Secretaria. Segundo Dílson Antonio Morais da Fonseca, responsável pela área, o objetivo principal é conhecer a realidade de cada estudante, projetos e objetivos profissionais, para que possam desenvolver políticas públicas, principalmente para promover a entrada ou à volta ao mercado de trabalho. "Vamos aproveitar e conhecer as propostas e sugestões dos alunos, para realização de novos cursos, de forma democrática, conforme orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, para fazer com que todos participem dessa nova realidade que é o Centro de Qualificação", destacou.

Nessa primeira etapa, a pesquisa vai atender cerca de 400 pessoas que já iniciaram os cursos no Centro de Qualificação. A expectativa do secretário de Assistência Social, Haroldo Ribeiro Cavassa, é chegar a mil alunos ainda no primeiro semestre. "É um grande projeto voltado para o mercado do trabalho, que está permitindo novas realizações com abertura de mais cursos, para combater as desigualdades sociais, e inserir estas pessoas no mercado de trabalho", observou, lembrando que o centro vai garantir uma melhoria na qualidade de vida da população, "proporcionando oportunidade a mais de inserção no mercado e aumentando a dignidade das famílias que, muitas vezes, dependem apenas dos benefícios do Programa Bolsa Família".