Diretor da Cidade Dom Bosco destaca crescimento da instituição

Presente na inauguração do Centro Profissionalizante em 1.993, o padre Amércio Rezende de Oliveira, diretor da Cidade Dom Bosco, destacou a formalização do convênio com a Prefeitura de Corumbá como importante para a sequência dos trabalhos na instituição, agora denominada de Centro de Qualificação para o Trabalho Dom Bosco. "Acompanhamos o surgimento dos pavilhões em 93 e é um momento de muita alegria ver este crescimento", destacou.

O diretor lembrou o início da instituição, construída para "abrigar grupos de alunos, crianças, adolescentes e jovens mais necessitados". Sobre o convênio com a Prefeitura, foi taxativo ao lembrar que o Município e a Missão Salesiana são parceiras dessa missão nhá 25 anos, e que agora foi reforçada, o que permitirá formar mais cidadãos.

Presente à solenidade, o vereador João Bosco da Silva e Souza, representando a Câmara Municipal, exaltou a "parceria estabelecida entre duas fortes instituições". Elogiou a atuação do Município, lembrando que a política implantada pelo prefeito Ruiter Cunha "busca sempre a inclusão social" e que a Missão, por meio da Cidade Dom Bosco, desenvolve um "trabalho forte, fruto de um sonho de São João Bosco, que se concretizou em muitos lugares do mundo, especialmente em Corumbá, na pessoa do padre Ernesto Sassida". Concluiu destacando que o Centro de Qualificação é "uma obra de Deus, ambiente de crescimento, de inclusão social".

O vice-prefeito de Pisa, na Itália, Paolo Ghezzi, participou do ato e destacou o momento como de "grande alegria" em saber o projeto da Cidade Dom Bosco tem reconhecimento da sociedade e que a Prefeitura passou a fazer parte, ampliando o leque de atuação e convocou a mulher a participar de forma atuante, estudando, trabalhando porque ela representa "mudança na sociedade".

O ato foi prestigiado por um grande número de autoridades entre elas, o vice-prefeito Ricardo Eboli (PMDB); padre Osvaldo Scotti, diretor da Pastoral do Colégio Salesiano de Santa Teresa; secretários Lamartine de Figueiredo Costa (Relações Institucionais), Cássio Augusto da Costa Marques (Gestão Governamental), Hélio de Lima (Educação); diretora-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Heloisa Helena da Costa Urt, entre outros.