Cultura sul-americana se reúne em Corumbá a partir desta quarta

Integrando o calendário de eventos de Corumbá, o 8º Festival América do Sul começa nesta quarta-feira (27) com a missão de reunir os povos e as culturas de nove países da América Latina. A Capital do Pantanal será palco de apresentações de música, teatro, cinema, literatura, além do artesanato e da novidade desta edição, o Festival Gastronômico Sabores das Américas, com o melhor da culinária da região sul do continente americano. O evento será realizado entre os dias 27 a 1º de maio.

A edição deste ano vai homenagear o músico Benites; a gestora do Moinho Cultural Marcia Rolon; o historiador Valmir Corrêa; a cantora argentina Amelita Baltar e o ator nacional Elias Andreato. A cerimônia de abertura do evento ocorre nesta quarta-feira (27) às 19 horas no Palco das América. Em seguida será realizada a abertura da galeria dos Homenageados e o show da noite será o grupo Los Kjarkas, banda de música andina da Bolívia.

As atrações culturais, oficinas e exibições de filmes e documentários nesta oitava edição do FAS estarão divididas em várias áreas de Corumbá, Ladário e também da Bolívia. Na praça Generoso Ponce fica o Palco das Américas, local dos shows nacionais, como Moraes Moreira e Rita Lee e internacionais a exemplo de Los Kjarkas, Hermanos Corbalan e Pedro Aznar, além de artistas regionais, como Marinho Azevedo e Jennifer Margnética. Outra novidade deste ano é a divisão de dois palcos independentes que estarão conjugados para receber os shows durante as noites de evento.

Na Avenida General Rondon estarão o Pavilhão dos Países, a Galeria dos Homenageados e o Fórum de Cultura. Outras atividades culturais também ocorrerão no Instituto Luiz Albuquerque (ILA) e nas praças da Independência, em Corumbá, Praça Central de Puerto Quijarro, na Bolívia, e na Praça Nossa Senhora dos Remédios, em Ladário, além do Centro de Convenções do Pantanal, Moinho Cultural Sul-Americano, Clube Corumbaense, Museu de História do Pantanal (Muphan), teatro do Colégio Santa Tereza, Casa do Artesão de Corumbá e Estação Natureza Pantanal – Fundação O Boticário.

Participam do 8º Festival América do Sul representantes de vários segmentos culturais da Argentina, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Peru, Bolívia, Equador, Colômbia e Chile. A primeira edição foi realizada em 2003 e mais de 800 mil pessoas já prestigiaram estes oito anos do festival de Corumbá. Durante os quatro dias, a cultura da América Latina estará reunida no município localizado geograficamente no centro do continente sul-americano.