Corumbá celebra Dia da Saúde com foco em ações preventivas

O Dia Mundial da Saúde está sendo lembrado nesta quinta-feira (07) em Corumbá com foco na prevenção. O evento acontece na Praça da Independência e está a cargo da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Saúde com apoio de parceiros. Durante toda a manhã, várias ações estão sendo realizadas no local, desde programas voltados para a saúde da mulher, como combate ao câncer de colo uterino e de mama, até atividades físicas e de lazer.

O evento comemorativo à data foi aberto pelo coordenador geral de Atenção em Saúde da Secretaria, médico Emerson Moreira, que fez um rápido balanço dos programas desenvolvidos pela Prefeitura Municipal, todos voltados para a melhoria da qualidade de vida da população corumbaense. Destacou os investimentos do setor público na cidade, com foco principalmente na prevenção, que, no seu entender, "e primordial para a saúde de todos". Citou também as ações curativas, especificando os investimentos no Hospital de Corumbá por parte do poder público municipal, e, mais recentemente, a implantação do SAMU 192 que, em Corumbá, atende pelo telefone 193, do Corpo de Bombeiros.

"Já avançamos muito, mas temos que avançar ainda mais, consolidar as conquistas", destacou o médico para, em seguida, elogiar as ações desenvolvidas no município em parceria com as demais pastas da Administração do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT). No seu entender, os trabalhos integrados com as áreas de Assistência Social e Cidadania, Integração das Políticas Sociais, de Relações Institucionais, entre outras, "que estão sempre presentes, nos apoiando e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida da nossa população".

As atividades na praça contam com apoio do Exército Brasileiro e da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campus Pantanal, que cedeu acadêmicos de Educação Física, para atividades envolvendo a comunidade e alunos da rede de ensino, e da empresa Andorinha. No local a população está sendo beneficiada com aferição de pressão arterial, teste de glicemia, saúde bucal (escovação supervisionada, aplicação tópica de flúor e programas educativos), prevenção a doenças sexualmente transmissíveis, tuberculose, programas voltados para a saúde da mulher, combate a doenças endêmicas, entre outras.

O Dia Mundial da Saúde está sendo lembrado também em cinco unidades da Estratégia de Saúde da Família (São Bartolomeu, Paulo Maissato, Luis Fragelli e Kadwéus I e II). Em todas, as equipes de Saúde da Família, os Núcleos de Apoio à Saúde da Família e o Centro de Saúde do Trabalhador (CEREST) estão promovendo palestras com focos na nutrição e saúde do trabalhador.

Este ano a Organização Mundial da Saúde (OMS) elegeu o combate à resistência microbiana como tema do Dia Mundial da Saúde. Para a Organização das Nações Unidas (ONU), o avanço desses microorganismos ameaça a eficácia de vários tratamentos e cirurgias, como o de câncer e o transplante de órgãos. Além disso, a resistência microbiana deixa as pessoas doentes por mais tempo, eleva o risco de morte e torna os tratamentos caros.