Saúde entrega Samu, Ouvidoria e equipamentos para CAPS e PS

A Secretaria de Saúde promove nesta sexta-feira (04) quatro ações que vão melhorar de forma significativa o atendimento oferecido à população da região. Às 10 horas, será inaugurado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município. A solenidade acontece em frente ao Paço Municipal. Nesta fase inicial, duas ambulâncias (uma de suporte básico e outra de suporte avançado) vão atender os chamados de urgência e emergência tanto de Corumbá – incluindo o trecho da BR-262 que se estende até o Buraco das Piranhas – quanto Ladário.

Serão 44 profissionais capacitados atuando nos chamados recebidos pelo telefone 192. São 18 médicos, 12 enfermeiros, 8 técnicos em enfermagem e 6 bombeiros se revezando 24 horas por dia nos atendimentos emergências. A equipe de suporte avançado conta com um médico, um enfermeiro e um bombeiro socorrista. Estas ambulâncias funcionam como uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) móvel. Já a de suporte básico conta com um técnico de enfermagem e um bombeiro.

Em seguida, às 10 horas, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e o secretário de Saúde, Lauther da Silva Serra, inauguram a Ouvidoria do Sistema Único de Saúde (SUS) de Corumbá. Localizada na Prefeitura, a unidade vai receber todas as solicitações, denúncias, reclamações, informações, sugestões e elogios dos usuários da Rede Pública de Saúde.

Serão 4 atendentes e uma coordenadora atendendo o público das 12 horas às 18 horas, de segunda a sexta-feira. O contato também pode ser feito pelo telefone 3234-3517. O sistema é interligado com o Ministério da Saúde. Isso permite que, após o atendimento, o cidadão acompanhe de sua residência o encaminhamento de sua solicitação, através de um protocolo emitido pela Ouvidoria.

Em seguida, haverá a entrega de um veículo 0 quilômetro, adquirido com recursos do Fundo Municipal de Investimentos Sociais (FMIS), para o Centro de Atendimento Psicossocial – álcool e drogas (CAPS ad). Ainda durante a manhã, o prefeito e o secretário de Saúde entregam ao Pronto Socorro Municipal um aparelho de eletrocardiograma. O sistema de telemedicina vai possibilitar que o médico realize um exame e tenha um diagnóstico dentro de, no máximo, cinco minutos.