SAMU atende população pelo 193, do Bombeiros, alerta Saúde

Em funcionamento desde o início de março, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Corumbá está atendendo a população pelo telefone 193 e não o 192. A informação é da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Corumbá e os serviços estão beneficiando a população corumbaense e também os moradores de Ladário.

"O telefone para atendimento ao público do SAMU em todo o Brasil é o 192. No entanto, o sistema ainda não está funcionando em Corumbá e Ladário e, diante disso, qualquer solicitação de atendimento de urgência, deverá ser solicitado pelo número do próprio Corpo de Bombeiros, o 193", afirma o secretário Lauther Serra, ressaltando que as providências já estão sendo tomadas para colocar o 192 em funcionamento.

O SAMU está funcionando na região com duas ambulâncias, uma de suporte básico e outra de suporte avançado, entregues no início de março ao 3º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar, como parte de uma parceria com o Poder Executivo Municipal, visando os atendimentos de urgência e emergência. Elas estão sediadas no própria instituição militar e o Serviço conta com a participação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem além de motorista socorrista , responsáveis pelos serviços pré-hospitalar específico para pequenas e médias urgências, além de emergências, inclusive odontológicos, tanto de Corumbá – incluindo o trecho da BR-262 que se estende até o Buraco das Piranhas – quanto Ladário.

Lauther adiantou que além de trabalhar para colocar o 192 em funcionamento, a Prefeitura está também viabilizando a entrada em operação de uma terceira ambulância para reforçar o trabalho, bem como um helicóptero e duas ambulanchas, uma sediada em Corumbá e a segunda em Porto Murtinho, no segundo semestre. O secretário destaca ainda que a Prefeitura já está construindo uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h) no bairro Guatós, que passará a contar com uma viatura.

Na região, para colocar o SAMU em atividade, foram capacitados 44 profissionais. São 18 médicos, 12 enfermeiros, oito técnicos de enfermagem e seis bombeiros se revezando 24 horas por dia nos atendimentos emergências. A equipe de suporte avançado conta com um médico, um enfermeiro e um bombeiro socorrista. Estas ambulâncias funcionam como uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) móvel. Já a de suporte básico conta com um técnico de enfermagem e um bombeiro.