Ruiter lamenta falecimento de Lúdio Coelho em telegrama à família

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) lamentou, na tarde desta terça-feira (22), o falecimento do pecuarista e ex-senador por Mato Grosso do Sul, Lúdio Martins Coelho, ocorrido hoje devido ao agravamento do quadro de diabetes e problemas cardíacos, no Proncor, em Campo Grande. Em telegrama enviado à família, o chefe do Executivo corumbaense afirmou: "Expressamos nosso profundo sentimento de pêsames pelo falecimento do senhor Lúdio Coelho, cuja vida, tão generosamente dedicada às causas públicas, engrandece a história política do nosso Estado. À família enlutada, as nossas sentidas condolências".

Nascido em 22 de setembro de 1922, na fazenda Bela Vista, em Rio Brilhante, Lúdio Coelho foi produtor rural e político, ocupando por muitos anos a condição de um dos nomes mais expressivos na política estadual. Foi presidente do Banco Agrícola de Dourados (1959), ocupou a superintendência do banco sul-mato-grossense Financial, e participou da instalação do primeiro frigorífico do Estado. Na vida pública, foi prefeito de Campo Grande em duas ocasiões (1983-1985 e 1989-1992) e, em seguida, senador da República (1995-2003) e vice-líder do PSDB no Senado, partido do qual era presidente de honra.