Projeto em escola reforça deveres caseiros no combate à dengue

Alunos da Escola Municipal Rachid Bardauil, no Bairro Aeroporto, estão participando de um trabalho voltado para conscientização e prevenção da dengue em Corumbá, como parte do projeto "Meu dever de casa no combate à dengue". As ações estão sendo intensificadas e fazem parte de uma parceria entre o estabelecimento escolar e as secretarias de Saúde e Educação da Prefeitura de Corumbá.

O cronograma teve sequência na manhã desta quarta-feira, com a capacitação de alunos da 1ª à 5ª série do Ensino Fundamental, período matutino. À tarde, o trabalho está voltado a crianças do vespertino, horário das 14 horas às 15h15. São 90 alunos que estão recebendo informações sobre biologia do vetor (mosquito Aedes aegypti); síntese das ações do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e sobre o próprio projeto, além de orientações sobre reciclagem.

A bióloga Grace Bastos, do CCZ, considerou de extrema importância a realização do projeto na escola, como forma de conscientizar os alunos sobre a importância de combater a dengue dentro do próprio domicílio, principalmente levando em conta que as residências pelo último Levantamento de Índice Rápido de Infestação de Aedes aegypti (LIRAa), foram responsáveis por um percentual de positividade de Aedes aegypti, por tipo de imóvel, de 80,07%, em Corumbá.

O trabalho interdisciplinar foi apontado por Grace como uma estratégia importante e que "pode ser eficaz no combate ao mosquito Aedes Aegypty, a partir da aquisição de conhecimento sobre os sintomas da doença, sua caracterização e a importância da atuação de cada cidadão na erradicação da doença. Acreditamos que será o ponto de partida para que outras escolas possam desenvolver o mesmo trabalho e contribuir para a transformação da sociedade, através da melhoria da qualidade de vida dos moradores do Bairro Aeroporto e de outras regiões da cidade", observou.

Além das palestras, o projeto prevê outras atividades como uma gincana com participação dos alunos da 3ª, 4ª e 5ª séries,
matutino X vespertino, no sábado (02), com apoio de Agentes de Endemias do CCZ e de uma empresa de reciclagem. A ação atingirá ruas e alamedas, com índices de infestação acima do normal, por meio de um trabalho de conscientização, entrega de panfletos e retirada de depósitos inservíveis dos imóveis e terrenos baldios que possam ser reciclados (garrafas pets, latas e pneus). As equipes vencedoras receberão troféus e medalhas, além de kits escolares e investimentos na mini-oficina de Mosquiteca da escola.