Prefeitura inicia recuperação emergencial das ruas de Corumbá

Com a trégua das chuvas, a Prefeitura de Corumbá colocou em prática o plano de recuperação emergencial das ruas da cidade. Os serviços estão sendo executados pela Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos e a orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) é garantir, de imediato, condições de trafegabilidade para que uma segunda intervenção contemple obras de restauração do pavimento danificado pelas chuvas. A intervenção contemplará também as vias que receberam obras de rede de esgotamento sanitário, cuja restauração do pavimento foi reprovada pela fiscalização do Município.

O prefeito observou que os estragos foram causados pelo intenso volume de chuvas nas últimas semanas, com densidade pluviométrica nunca antes registrada no município, ultrapassando todas as marcas históricas, como a de 1992. Naquela ocasião, choveu o equivalente a 160 milímetros em 16 horas, sendo que no dia 28 de fevereiro deste ano o volume também atingiu 160 milímetros, mas em um período de tempo menor. Além disso, levantamento da Prefeitura comprova que, em administrações anteriores, diversas ruas foram pavimentadas com drenagem superficial, quando o recomendado tecnicamente era a drenagem profunda, que permite maior durabilidade do pavimento.

"Aliado a tudo isso, tivemos o desgaste natural da pavimentação de trechos com mais de 10 anos de intervenção e, mais recentemente, os serviços de recuperação do pavimento após a realização do esgotamento sanitário foi bastante deficiente, contribuindo para aumentar o estrago nas vias onde foram realizados os serviços", explicou Ruiter, enfatizando que mais de 50% dos serviços foram rejeitados pelos engenheiros que integram o setor de fiscalização municipal.

"Para dar mínima e rápida condição de trafegabilidade e menos desconforto aos motoristas, determinamos que seja realizada uma operação tapa-buraco emergencial, mais rápida na execução e com custo muito menor", prosseguiu o prefeito, acrescentando: "Além disso, já solicitamos um diagnóstico da situação real, com orçamento geral para embasar projeto técnico executivo visando à operação definitiva de tapa-buraco ou repavimentação dos trechos, conforme laudos técnicos, para que possamos buscar recursos dos governos Federal e Estadual. Isto permitirá a ampliação da extensão dos serviços para que possamos atender um número bem maior de ruas que necessitam de recuperação".

Ruiter lembrou que já existe um projeto do Município cadastrado no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (SICONV), no valor de R$ 8 milhões, destinado à recuperação do pavimento na área central da cidade. Em sua última viagem a Brasília (DF), juntamente com o senador Delcídio do Amaral, os deputados Vander Loubet e Antônio Carlos Biffi (federais), Paulo Duarte (Estaduais – todos do PT), e vereadores corumbaenses, o projeto foi discutido nos ministérios da Integração Nacional e de Relações Institucionais, assim como outro projeto, no valor de R$ 30 milhões, referente a obras de galerias de águas pluviais, drenagem e nova pavimentação.

Nesta semana, o chefe do Executivo corumbaense estava com viagem marcada para Brasília (DF). Na pauta, uma audiência no Ministério das Cidades para discutir e pleitear a inclusão dos projetos na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). A audiência com o ministro Mário Negromonte está sendo viabilizada pelo senador Delcídio do Amaral e outros integrantes da bancada federal sul-mato-grossense para uma nova data, devido à agenda do próprio ministro, que precisou viajar e suspendeu o compromisso.

Em andamento

Na manhã desta terça-feira (16), o secretário de Infraestrutura, Ricardo Campos Ametlla, informou que os serviços de recuperação das ruas pavimentadas da cidade já estão em andamento. Ele ressaltou que, neste primeiro momento, as equipes estão tapando os buracos maiores com terra para, após compactação, colocar o asfalto. "É uma obra emergencial para garantir mínimas condições de tráfego. Em locais onde os buracos são menores, a equipe que realiza a operação está implantando o asfalto direto, como ocorre na Rua 13 de Junho, esquina com a XV de Novembro", comentou.