Detentas de Corumbá participam das celebrações do Dia da Mulher

Prosseguindo com as atividades comemorativas ao Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Especial de Integração das Políticas Sociais e Gerência de Articulação das Políticas Públicas da Mulher realizou na manhã desta terça-feira (15) atividades com as 120 internas do Estabelecimento Penal Feminino "Carlos Alberto Jonas Giordano" (EPFCAJG).

Divididas em duas turmas, as detentas assistiram ao documentário "Mulheres – Diálogos Sobre Segurança Pública", da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres do Governo Federal. O vídeo é parte do resultado do projeto Diálogos que percorreu sete cidades brasileiras reunindo mulheres comuns, com os mais variados perfis e trajetórias, para discutirem questões relativas à violência, à criminalidade e à segurança pública.

Para a gerente de Articulação das Políticas Públicas da Mulher, Lucinéia Barreto, através do documentário, a pasta do Município voltada aos interesses do público feminino, pretende debater as políticas públicas já implantadas. "Através dos debates, queremos ouvir as mulheres de todos os segmentos da sociedade para saber o que ainda precisa ser melhorado ou criado para melhor atende-las, principalmente na questão da segurança pública", comentou.

A exibição contou com a parceria do núcleo Maria Maria – movimento da Central Única da Favelas (CUFA) – que desde 2009 realiza atividades com as mulheres das periferias de Corumbá, dando a oportunidade para que elas possam participar do processo político de decisão e ocupação de espaço na sociedade. A ação desta terça-feira contou com a presença da secretária Especial de Integração das Políticas Sociais, Beatriz Ribeiro Cavassa de Oliveira e do juiz da 1ª Vara Criminal, Anderson Royer e deve ocorrer novamente na próxima quinta-feira (17). As atividades fazem parte do calendário anual de eventos sócio-culturais do presídio que conta com 120 internas.

A Prefeitura prossegue com os eventos comemorativos ao Dia Internacional da Mulher, no dia 18 será realizado um encontro com as cadastradas no Centro de Referência em Assistência Social (Cras I) a partir das 8 horas e no dia 25 com as mulheres assistidas no Cras II.