Desfile do grupo especial é atração desta segunda em Corumbá

Mocidade Independente da Nova Corumbá, Vila Mamona, A Pesada e Império do Morro são as donas da festa nesta segunda noite do desfile das Escolas de Samba do carnaval de Corumbá, grupo Especial, programado para esta segunda-feira (07), a partir das 20h30. Após o espetáculo proporcionado no domingo (06) pelas agremiações do grupo 2, de acesso, a expectativa é que, esta noite, as quatro entidades carnavalescas arrastem uma multidão para a Passarela do Samba, composta pela Rua Frei Mariano e Avenida General Rondon.

A primeira se apresentar é a Mocidade Independente da Nova Corumbá, que trás o enredo ‘Sou malando, sou carioca, sou Corumbá, sou Rio de Janeiro'. Fundada em 22 de junho de 1999 por Fernanda Vanucci, a vede, vermelho e branco e presidida hoje por João Pedro Cavassa. Seu samba enredo é de autoria de Marcos César e Sandro Nemir, interpretado por Tinga da Vila Izabel, Marcos César e Elton. O tema é uma homenagem ao Rio de Janeiro que o carnavalesco Aleksander Vieira Batista buscou seguir à risca.

A Vila Mamona é a segunda a se apresentar. Sempre favorita ao título, a aggremiação leva para a Passarela o enredo ‘Abra-te Cézamo, a Águia vai voar do Oriente Médio a Corumbá'. Com 15 títulos conquistados em seus quase 30 anos de fundação (completa no dia 08 de agosto), a Vila busca reconquistar o primeiro lugar com o samba composto por Rogério César, Vitor Rafael, Shazam, Guga Martins e Samir Trindade, da Beija Flor.

Terceira a desfilar, A Pesada promete encantar o público e retomar suas conquistas passadas. Para tanto apposta no enredo ‘A Pesada vem desvendar os mistérios das quatro estações', com enfoque especial na atual, o verão, período mais quente do ano. Fundada em 06 de janeiro de 1970, A Pesada é presidida por Neidival Colombo. Seu samba foi composto por Marcos César e Sandro Nemir, interpretado por João, Zeca, Macedo, Elivelton e Celso, com Nivaldo no cavaco.

Em busca do tricampeonato, a Império do Morro é a última a passar pela Passarela. Este ano, vai reverenciar o sol, astro rei, com o enredo ‘A Império conta e canta a influência do sol sobre as civilizações'. O samba é de autoria de Wander Timbalada, também intérprete, e Mariano Araújo, e belas fantasias e alegorias preparadas pelos seus carnavalescos Manoelzinho, Clemilson e Lynno Brandão. A escola foi fundada em 15 de agosto de 1958 pelo casal Venância Duarte e Chá Ana. É presidida por um dos filhos, José Carlos Duarte, tendo Roberto Soares Freitas como presidente de honra.

Mais folia

E nesta segunda não tem somente desfile no Carnaval de Corumbá. A Prefeitura Municipal também está oferecendo outros atrativos, por meio de uma programação criteriosamente elaborada pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá. Pela manhã teve apresentação da Banda de Frevo na Frei Mariano, e roda de samba no Porto Geral. Já a partir das 18 horas, o Jardim da Folia na Praça da Independência com Banda de Sopro – Banda Q'Jarros, Pierrô Canoeiro – passeio de canoa no lago, palhaços para brincar com as crianças, palhaços cenográficos para fotografias, Exposição – Carnaval de Todos os Tempos e praça de alimentação.

Após o desfile, na Praça Generoso Ponce, show popular com a Banda Show Corumbá e o Grupo Coisa Bamba. Destaques também para o desfile dos blocos independentes Os Guerreiros e Os Cafajestes, previstos para a partir das 3 horas de terça-feira.