SAMU deve começar a atuar em Corumbá durante Carnaval

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) deve começar a atuar em Corumbá a partir do Carnaval. Os médicos, enfermeiros e militares do Corpo de Bombeiros, que vão trabalhar nas unidades básicas e avançadas, participam da última capacitação antes do serviço iniciar em Corumbá e Ladário. O curso, realizado no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez e coordenado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretária Municipal de Saúde, teve início na quarta-feira (23) e deve se prolongar até esta quinta-feira (24).
O período do Carnaval (4 a 9 de março) será o primeiro momento de atuação das equipes do SAMU em Corumbá. Ao todo 38 profissionais de saúde das duas cidades pantaneiras participam da capacitação e mais quatro socorristas do Corpo de Bombeiros. O objetivo do curso é repassar procedimentos técnicos para as equipes de saúde que irão trabalhar nas ambulâncias de suporte básico e avançado. A carga horária é de 24 horas/aula composta de assuntos teóricos e práticos.
De acordo com a coordenadora de enfermagem do SAMU, Tatiana da Silva Santos Mattos, uma ambulância ficará na avenida General Rondon, circuito da folia, para atender casos emergenciais. "A equipe será composta de três profissionais que ficarão de plantão na avenida para realizar os primeiros atendimentos e encaminhar para o Pronto-Socorro de Corumbá. Será mais um serviço que a população poderá contar", disse. O Município possui duas unidades de suporte básico e uma para avançado, equipada com rede de oxigênio, prancha longa de madeira para imobilização da coluna, colares cervicais, cilindro de oxigênio, talas de imobilização de fraturas e desfibrilador.
A capacitação desta semana dá enfoque nos procedimentos técnicos que os funcionários de saúde deverão utilizar no momento de atendimento. "São questões como a abordagem direta ao paciente, emergenciais ou clínicos, as aulas estão divididas em teoria e prática. Além deste curso, os profissionais irão passar por mais capacitações ao longo do ano", explicou a gerente estadual de urgência e emergência do SAMU, Edlene Alves Alencar Pessoa. O Samu-192 é um programa implementado pelo Governo Federal em parceria com estados e municípios. Além dos veículos, uma ambulancha também atenderá as regiões ribeirinhas de Corumbá e Ladário. O Governo Federal ainda vai disponibilizar um avião e um helicóptero para atender todo o Mato Grosso do Sul.
As ambulâncias serão utilizadas para prestação de serviço pré-hospitalar específico para pequenas e médias urgências e emergências, inclusive odontológicas. Inicialmente as unidades do SAMU, que o Município recebeu do Governo Federal, ficarão na sede do Corpo de Bombeiros até o término da construção da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas no bairro Guatós. Os prédios, além de abrigar uma das ambulâncias do Samu, serão responsáveis pela prestação de serviço pré-hospitalar específico para pequenas e médias urgências e emergências, inclusive odontológicas, e pacientes graves.