Devido às chuvas, aulas nos assentamentos retornam no dia 23

As aulas do ano letivo de 2011 nas escolas dos assentamentos de Corumbá, que estão suspensas desde a semana passada em virtude da grande quantidade de chuvas que danificaram as principais estradas vicinais, serão retomadas no próximo dia 23, uma quarta-feira. A decisão foi tomada na tarde desta segunda-feira (14), após reunião entre a Secretaria Municipal de Educação e os diretores das unidades Monte Azul, Paiolzinho e Eutrópia Gomes, nos assentamentos Taquaral, Paiolzinho e Tamarineiro, respectivamente.

Conforme o secretário municipal de Educação, Hélio de Lima, a suspensão das aulas teve como motivo principal manter a segurança dos alunos. "Como as estradas estão alagadas ou danificadas por conta das chuvas, decidimos paralisar temporariamente as aulas até os problemas serem solucionados", explicou. Ele ressaltou que a decisão não afetará os 200 dias letivos, previstos pelo Ministério da Educação. "A reposição será feita aos sábados e com aulas programadas até o fim do primeiro semestre. Não haverá prejuízos aos estudantes", garantiu.

A meteorologia prevê tempo chuvoso até o próximo sábado (19), quando devem começar os serviços de reparos das estradas dos assentamentos afetados. "A Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Serviços Urbanos pediu de dois a três dias para solucionar o problema. Por isso, as aulas devem retornar no dia 23 de fevereiro", completou o secretário.

Na segunda-feira, os diretores das três escolas rurais se reuniram com Hélio para debater a estratégia de reposição das aulas e a reorganização dos cronogramas pedagógicos. "Nossas aulas programas vão utilizar os projetos já implantados na escola, como as hortas e feiras comunitárias. Os alunos não deixarão de aprender por conta da suspensão", frisou José de Souza Silva, diretor da escola localizada no assentamento Taquaral. "Estamos priorizando a segurança dos estudantes. Por isso tomamos essa decisão", complementou Rosa Maria da Silva, gestora da escola Paiolzinho.

As chuvas na região pantaneira superaram o esperado para os meses de janeiro e fevereiro. Conforme levantamento da Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica em Corumbá no primeiro mês de 2011 foram 189 milímetros de chuva, 130% a mais do que o previsto para o período. A maior quantidade de precipitação foi detectada no dia 17 de janeiro, com 83 milímetros em pouco mais de três horas. Nestas duas semanas de fevereiro já choveu 145 milímetros, superando as estimativas para o mês inteiro, que previa 110 milímetros de chuva.