Concurso de Marchinhas de Corumbá reúne 19 canções inéditas

Novidade no Carnaval 2011 de Corumbá, o Concurso de Marchinhas terá a participação de 19 canções, todas inéditas. A inovação tem o objetivo de valorizar a música carnavalesca, os compositores e intérpretes da cidade. O vencedor receberá um prêmio em dinheiro no valor de R$ 1,5 mil. O concurso será realizado nos dias 18 e 19 de fevereiro, na Praça da Independência, que será transformada no Jardim da Folia, a exemplo do que ocorreu no fim de 2010 quando o local se transformou no Jardim de Natal, visitado por milhares de pessoa.

As 10 melhores composições serão selecionadas por uma comissão julgadora, durante a primeira fase do concurso, após apresentação de todos os participantes. A final será no dia 19. Todas as marchinhas serão interpretadas pelos compositores ou pelo cantor indicado pelos compositores com o acompanhamento de uma banda designada pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

De acordo com as regras da disputa, cada participante pode inscrever, gratuitamente, três composições. Todo o material foi entregue em um CD contendo o nome da música indicada na ficha de inscrição, além de uma cópia impressa com o título da música, nome do(s) autor(es) e a letra da música na íntegra. Não foi permitida a participação de funcionários da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

As marcinhas inscritas foram: "Alegria Geral", de Luis Alerto Santos Gomes; "Corumbatuque", de Luis Alberto Santos Gomes; "Amigo Vacilão", de Pedro Jorge Castro; "Dizem que dinheiro Compra Tudo", de Claudemir G. da Silva; "Botaram confete na menina", de Clademir da Silva e Pedro castro; "AIDS – Varela (Assim falou Drauzio Varela)"; de Claudemir, Pedrão e João Batista da Silva e Souza; "Corumbá – Cidade Carnaval", de Islândio de Jesus; " O Calor de Corumbá", de Wanderson Ligier de Jesus; "Marchinha da Alegria", de Fernando Jorge Mata da Silva; e a "A Revolta do Jacaré", de Robson de Oliveira Oros.

Também estão na disputa: "Novo Bugão", de João Batista da Silva; "Peixada Carnavalesca", também de João Batista; "Marchinha da Alegria", de Wender da Silva; "Carnaval no Pantanal", de Jackson Alves de Arruda; "Pra Quem Conhece", de Allan Lopes Ramos; "Semente da Barranca", de Allan Lopes Ramos; "Levanta a Bandeira", do mesmo compositor; "Marchinha do Calor", de Victor Raphael de Almeida, Nino e Antonio Ávila; e "A Marcha do Palhaço", de Bianca Maria Machado de Oliveira e Gustavo Gaertner.