Procon pesquisa preços dos materiais escolares em Corumbá

A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor de Corumbá (Procon) realizou pesquisa comparativa de preços do material escolar 2011. Os dados foram coletados durante o dia 11 (terça-feira) em quatro estabelecimentos comerciais da cidade. A variação do valor entre os principais produtos da lista escolar varia entre 680% a 20,81%. Ao todo, 26 produtos foram pesquisados, dentre eles cola líquida, tinta guache, estojo, pincel, giz de cera, lápis, entre outros.

A comparação de preços foi realizada somente nos itens encontrados em dois ou mais estabelecimentos. Segundo Oswaldo Adorno Monteiro, Fiscal de Relação de Consumo do Procon de Corumbá, há também variações nas marcas encontradas. "As empresas estão trabalhando com marcas variadas, com tamanhos e quantidades diferentes, o que acaba inviabilizando a comparação de preço, já que as mesmas marcas não são encontradas em todos os estabelecimentos. Então, consideramos para o levantamento os produtos mais em conta", observou.

Valores

O produto com maior oscilação de valor foi o apontador com depósito. Enquanto custa R$ 0,50 em um estabelecimento no outro é comercializado a R$ 3,90, variação de 680%. O estojo com zíper (simples) tem diferença de 595% entre as livrarias e papelarias pesquisadas, os valores variam de R$ 2 a R$ 13,90. A fita crepe custa R$ 0,90 em um local e o mesmo produto é vendido a R$ 4,80 em outra loja, variação de 433,33%.

Entre as canetas esferográficas de tinta azul, preta ou vermelha, diferença de 150%, variando entre R$ 0,40 e R$ 1,00. O lápis preto nº 02 tem oscilação de 76,47%, sendo vendido a R$ 0,17 em um local e a R$ 0,30 em outro. Há diferença também no conjunto de lápis de cor longo, entre R$ 2,49 e R$ 6,90, índice de 177,11%. Nos estabelecimentos comerciais pesquisados pode-se comprar uma borracha branca macia por R$ 0,10 em um local ou a R$ 0,30 em outro, variação de 200%.

O caderno de brochura com capa dura e 96 folhas é comercializado a R$ 1,50 em um local e R$ 3,50 em outro, variação de 133,33%. A tesoura com ponta redonda tem 233,33% de diferença nas lojas pesquisadas, custando entre R$ 0,90 a R$ 3. A menor diferença detectada pelo Procon foi no papel ofício, vendido entre R$ 18,00 a R$ 14,90, variação de 20,81%.

Para comprar os 26 produtos pesquisados o consumidor pode pagar R$ 82,25 em um estabelecimento e, para levar os mesmos materiais, desembolsar R$ 44,44 em outro local. O Procon informa que a relação dos produtos com seus preços e respectivos estabelecimentos, está à disposição da população na sede do órgão, na rua Quinze de Novembro, 400, centro de Corumbá, na Casa da Cidadania. Mais informações nos telefones 3907-5431 e 3907-5332.