Oficina de Dança já está com inscrições abertas para novos alunos

Já estão abertas as inscrições para novos alunos da Oficina de Dança do Pantanal. No balé, podem participar crianças a partir dos três anos de idade e, para o street dance, a idade mínima é de 11 anos. Os pais ou responsáveis dos interessados devem procurar a sede da instituição, localizada na Rua Edu Rocha, 355, centro de Corumbá, entre 8h e 11 horas ou 13h30 e 19h30, munidos dos documentos pessoais futuros alunos.

Em 2011, o projeto da Prefeitura Municipal, conduzido pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, será formado por 20 turmas divididas nos períodos matutino, vespertino e noturno. Sete profissionais vão trabalhar na capacitação e qualificação dos alunos. Também estão sendo feitas as inscrições do projeto Como Nossos Filhos, voltado às mães e demais pessoas que queiram fazer da dança um meio de descontração e atividade física.

Nesta quarta-feira (26), terão início as aulas de frevo. Também aberta a todo o público, esta atividade é direcionada aos interessados em desfilar pelo Bloco do Frevo, uma das atrações do Carnaval Cultural de Corumbá. As aulas acontecem três vezes por semana, sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, das 16h às 18 horas. A idade mínima para participar das aulas é de 10 anos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3907-5327

Inclusão

Criada em 1999, a Oficina de Dança teve em sua idealização o objetivo de resgatar a cultura pela arte do movimento. A ideia começou tímida, mas a "Oficina", como passou a ser chamada, foi reconhecida pelo talento de seus alunos e tornou-se um ícone da arte corumbaense e sul-mato-grossense. A iniciativa atende cerca de 600 alunos anualmente é mantido pela prefeitura de Corumbá, tendo à frente desde sua criação o coreógrafo Joilson Silva da Cruz.

A Oficina já representou a cultura estadual, pantaneira e corumbaense em diversas cidades de Mato Grosso do Sul e também fora dele. Só no Estado, os bailarinos da instituição já se apresentaram em Campo Grande, Coxim, Jardim, Rio Verde, Ponta Porã, Bonito, São Gabriel do Oeste, Aquidauana, Três Lagoas, Porto Murtinho. Na Bolívia, já se apresentaram em Puerto Quijarro, Puerto Suarez, Cochabamba, Sucre e Potosi.

A Oficina de Dança recebeu Moção de Congratulação da Câmara Municipal de Coxim e também de Corumbá. Em agosto de 2004, recebeu homenagem do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul (TCE/MS), sendo considerada "a expressão maior da cultura pantaneira". Em 2005 a Oficina de Dança realizou o espetáculo "Dança, Brasil!", com coreografias representando as cinco regiões do Brasil (danças tradicionais gaúchas, candomblé, xaxado, frevo, carimbo, lundú, siriri e samba).