Entidades religiosas ajudam o Município no combate à dengue

A Prefeitura de Corumbá ganhou aliados importantes na luta contra dengue. As entidades religiosas sinalizaram positivamente e já estão atuando junto com o Poder Público no trabalho de orientação e eliminação de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. É o que informa o secretário municipal de Saúde, Lauther da Silva Serra, dando conta que a equipe de Vigilância em Saúde estabeleceu parceria com entidades das religiões católica, evangélica, kardecista, umbanda e candomblé. Na opinião dele, o apoio será de extrema importância, principalmente em relação ao trabalho educativo, na busca da conscientização da população para prevenção e combate à dengue.

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do Município já vinha trabalhando com integrantes da umbanda e candomblé, cujo foco principal era eliminar os focos de proliferação do mosquito nos locais utilizados pelas entidades. Logo em seguida, fechou parceria com a Igreja Católica, que está massificando as ações de combate à doença e vai intensificar ainda mais no dia 2 de fevereiro, data de Nossa Senhora da Candelária, Padroeira da cidade, durante a quermesse programada.

Na quinta-feira (20), a equipe do CCZ se reuniu com o Conselho Regional dos Pastores Evangélicos de Corumbá (COREME), quando ampliou a parceria, importante para dar sequência aos trabalhos e evitar uma epidemia de dengue na cidade. Além do secretário do conselho, pastor Marcos Alexandre Sgorlon, que também é pastor da Igreja Presbiteriana Renovada, o encontro teve participação do pastor José Libermânio da Silva, da Igreja do Nazareno de Corumbá. "Levantamos e discutimos uma série de propostas, entre elas a realização de palestras durante os cultos, com apresentação de vídeos do Ministério da Saúde sobre a dengue", explicou a bióloga Grace Bastos, do CCZ.

Para a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, médica veterinária Viviane Ametlla, o estabelecimento da parceria com o conselho é fundamental. "O COREME congrega 40 igrejas evangélicas em nossa região. Com o apoio delas, ganhamos um grande reforço na luta contra a dengue", disse. O início das ações será às 19h30 deste domingo (23), na Igreja Presbiteriana Renovada, localizada na Rua Porto Carrero, com uma palestra e apresentação do vídeo "Dengue: Biologia do Vetor Aedes, Manejo e Ações realizadas em Corumbá", para um público de 80 pessoas.

Grace Bastos informa ainda que já foi estabelecida uma programação e que, às 08h30 no dia 2 de fevereiro, ocorre um encontro com os 40 pastores do COREME, quando será formalizado um convite para a capacitação deles. "A ideia é transformá-los em novos multiplicadores no trabalho de combate à dengue", diz a bióloga, lembrando que cada um receberá material necessário para um trabalho com a comunidade atendida por eles. Conforme ela, todos receberão um certificado de parceira da Prefeitura no combate à dengue, que será afixado no mural de entrada do prédio de cada entidade.