Disque Dengue, mais uma ‘arma’ de Corumbá no combate à dengue

A Prefeitura de Corumbá reativou o Disque Dengue que, desde 2009, tem sido uma arma importante no combate à doença na cidade. Por meio do número 0800 647 2255 (ligação gratuita), a população corumbaense pode informar sobre casos de dengue na cidade, inclusive com denúncias sobre focos do mosquito Aedes aegypti. Implantado por orientação do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), o sistema é mais um aliado na luta contra a doença e permite inclusive acelerar o processo de eliminação de focos e até bloqueio do vírus.

Desde que foi implantado, o sistema tem sido uma arma importante para conter avanço da doença em Corumbá. Números dão conta que a maior parte das ligações está relacionada a denúncias, principalmente de terrenos baldios, imóveis fechados, descarte inadequado do lixo, quintais sujos e caixas d'água destampadas , todos considerados focos em potencial da doença. Há também casos de pessoas solicitando informações sobre a doença, bem como para que as equipes de saúde visitem seus domicílios.

O 0800 647 2255 é mais uma ‘arma' que a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está disponibilizando no sentido de conter o avanço da dengue em Corumbá. O atendimento é feito por servidores da própria Saúde que disponibiliza uma equipe, com apoio de equipamentos necessários para as ações de combate à doença. O sistema funciona de segunda a sexta-feira, no horário comercial.

Ao mesmo tempo, a secretaria está agindo com rigor contra proprietários ou responsáveis por imóveis com focos da doença. Além dos terrenos baldios, imóveis fechados e empresas que trabalham com material reciclável, fiscais da Vigilância Sanitária estão notificando moradores para que façam limpeza de suas residências e eliminem os focos do mosquito encontrados no interior dos imóveis. Em caso de reincidência, estas pessoas podem até mesmo serem multadas, conforme o que prevê a lei complementar 102/2007, que prevê punições para quem coloca em risco a saúde pública.