Corumbá visa fortalecer a pesca com diversificação do turismo

O fortalecimento da pesca esportiva com a formatação de um pacote diversificado, colocando à disposição dos visitantes os mais variados produtos turísticos e culturais de Corumbá. Isto é o que pretendem a Prefeitura Municipal e a Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo (ACERT), que debateram amplamente o assunto na manhã desta terça-feira (18). Participaram da reunião a presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Heloisa Helena da Costa Urt, o superintendente de Turismo do Município, Rodolfo Assef Vieira, e a presidente da ACERT, Joice Carla Santana Marques.

A ideia é trabalhar em parceria para oferecer os mais variados atrativos, dentro de um único pacote, unindo a pesca esportiva, visitações a pontos turísticos, feiras de artesanatos e de comidas e bebidas típicas, turismo de contemplação, entre outros produtos. Para Joice, a formatação de um pacote com essas características é uma excelente alternativa para impulsionar o setor no município. Afirmando já ter elaborado um "pacote com 15 produtos", ela lembrou que a pesca é o principal produto turístico da região, mas que precisa caminhar junto com os demais atrativos e, neste sentido, a parceria com o Poder Público é importante para que a diversificação tenha êxito.

Heloisa Urt observou que os atrativos são inúmeros, diversificados, abrangendo também o turismo cultural e histórico, áreas que precisam integrar os pacotes das agências que trabalham com barcos-hoteis, que têm como foco apenas o turismo da pesca. Ela observa que é preciso haver sintonia, principalmente no que diz respeito aos horários de funcionamento de atrativos, como o Museu de História do Pantanal (Muhpan), a Estação Natureza Pantanal, a Casa do Artesão, entre outros. Além disso, a presidente da Fundação considera importante definir todos os atrativos, oferecendo maiores opções às pessoas que visitam a cidade.

Reforçar a parceria

Rodolfo Assef observou que uma das orientações do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) é fortalecer a parceria com as empresas de turismo e outros segmentos do setor. "O diálogo tem que ser constante. É isto que estamos fazendo neste momento", disse, lembrando que uma das primeiras medidas será a elaboração do Plano Municipal de Turismo, que vai permitir discutir um "turismo forte", reunindo não só os gestores públicos e as empresas filiadas à ACERT, mas também outros segmentos, possibilitando um grande debate visando ao fortalecimento do turismo como um todo.

O plano já conta com propostas formatadas e, conforme o superintendente, será apresentado aos mais diferentes segmentos da sociedade, que discutirão também a criação do Conselho Municipal de Turismo e o Fundo de Turismo. "Estamos definindo uma data com a presidente da Fundação e a orientação do prefeito é proporcionar um amplo debate na cidade", comentou.