Ambulantes começam a se inscrever em capacitação para carnaval

A Superintendência de Turismo da Prefeitura de Corumbá iniciou o período de inscrições para o curso de capacitação destinado a quem deseja trabalhar na praça de alimentação e em todo o circuito do Carnaval 2011, em Corumbá. Durante a manhã desta segunda-feira (24), foi intenso o movimento de pessoas que querem garantir uma renda extra e também receber capacitação para proporcionar mais qualidade no serviço prestado aos foliões. Os interessados têm até o dia 28 deste mês para efetuar a inscrição, na Rua XV de Novembro, 659, no período das 12h às 17 horas.

A capacitação, que ocorre entre os dias 7 e 9 de fevereiro, no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez, vai tratar de assuntos relacionados à higiene e manipulação de alimentos, educação patrimonial, apresentação pessoal, entre outros aspectos. "É uma forma de selecionar e capacitar essas pessoas para atender melhor nossos turistas e a população local. Por meio das parcerias, buscamos uma valorização da gastronomia e dos profissionais da região", explicou o superintendente de Turismo, Rodolfo Assef Vieira.

Coordenada pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal de Corumbá, a iniciativa tem a parceria das secretarias executivas de Saúde e Vigilância Sanitária e de Meio Ambiente, e ainda do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). As aulas terão duração de 45 minutos e ocorrerão nos turnos matutino, vespertino e noturno. Estará aprovado o aluno que cumprir 80% da carga horária total, tendo preferência de escolha e prioridade no sorteio de barracas e espaço para ambulantes.

Serão disponibilizadas 60 barracas para a praça de alimentação e a expectativa é de que 300 ambulantes comercializem comidas e bebidas durante os dias de carnaval. O sorteio das barracas e espaços para os ambulantes está previsto para o dia 24 de fevereiro. Outras informações podem ser obtidas na Superintendência de Turismo, pelo telefone 3231-2886.

Renda extra

Desde as 6 horas desta segunda-feira, na fila para fazer a inscrição no curso, a dona de casa Rejane Pereira de Aquino foi a primeira a chegar no prédio da Superintendência de Turismo. "Só não passei a noite aqui porque estava chovendo", disse. Ela vende espetinhos e bebidas em uma barraca nas proximidades da Avenida General Rondon, durante os dias de Folia de Momo. O ofício que, conforme ela, é de suma importância para aumentar a renda, aprendeu com a mãe, que há 46 anos trabalha no Carnaval de Corumbá. "Todos os anos venho cedo garantir a nossa inscrição. O dinheiro ajuda e muito neste começo do ano quando temos diversas contas para pagar", completou.