Proinfantil aprimora a prática pedagógica nas creches e CEIs

Com o objetivo de desenvolver e aprimorar metodologias e estratégias pedagógicas, atendentes de creches e Centros de Educação Infantil (CEIs) de Corumbá participam do curso oferecido no âmbito do Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil (Proinfantil). A iniciativa é resultado de um convênio assinado em 2009 pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) com o Ministério da Educação (MEC) e a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul. A capacitação teve início em agosto do ano passado e deve ser encerrada em julho de 2011.

Participam da capacitação 33 atendentes e professores que não possuem habilitação para trabalhar com a educação infantil. Os encontros são quinzenais e coordenados por três tutoras da Secretaria Executiva de Educação de Corumbá. O Proinfantil proporciona a formação para o magistério, em nível médio, na modalidade normal, e é oferecido a profissionais em exercício nos sistemas municipais e estaduais de educação. Com quatro módulos de oito unidades cada, o curso conferirá diploma para o exercício da docência na educação infantil. Os participantes já estão na terceira etapa.

O currículo do Proinfantil está estruturado em seis áreas temáticas: Linguagens e Códigos (Língua portuguesa); Identidade, Sociedade e Cultura (Sociologia, Filosofia, Antropologia, História e Geografia); Matemática e Lógica; Vida e Natureza (Biologia, Física e Química), estes dentro da Base Nacional do Ensino Médio e Fundamentos da Educação (Fundamentos Sociofilosóficos, Psicologia e História da Educação e da Educação Infantil); Organização do Trabalho Pedagógico (Sistema Educacional Brasileiro, Bases Pedagógicas do Trabalho em Educação e Ação Docente na Educação Infantil), por meio da Formação Pedagógica.

As três tutoras habilitadas para ministrar os módulos do Proinfantil, Elodia Cortes Nunes, Valeria Aparecida de Oliveira Cabral e Nair Terezinha Rosa Gonzaga de Oliveira, realizam o curso em 10 creches da cidade. Por meio de Projetos de Estudos, desenvolvidos em cada módulo, as participantes realizam atividades como brincadeiras, cantigas de roda, teatro, jogos e várias ações, direcionadas às crianças das unidades educacionais.

O secretário executivo de Educação, Hélio de Lima, ressalta que a habilitação será importante para elevar o nível de conhecimento e aprimorar a prática pedagógica. Vai oferecer também condições de crescimento profissional e pessoal do atendente, além de contribuir para a qualidade social da educação das crianças de zero a seis anos, nas instituições de educação Infantil.