Hospital encerra 2010 com seus principais setores reformados

Depois que a Junta Interventora assumiu a administração do Hospital de Caridade de Corumbá, três grandes obras já foram realizadas na instituição, responsável pelo atendimento médico à população corumbaense, ladarense e aos bolivianos que residem na faixa de fronteira. A primeira mudança foi promovida no Setor de Esterilização, totalmente remodelado de acordo com as normas exigidas pela Vigilância Sanitária. Quase paralelamente, o Laboratório de Análises Clínicas também foi adequado às normas vigentes no País. A unidade foi remanejada para uma sala maior, onde os equipamentos médicos utilizados e materiais contaminados receberão tratamento adequado.

As duas obras somaram investimento superior a R$ 85 mil, sendo R$ 17 mil na esterilização e R$ 64 mil no laboratório. Parte deste valor é proveniente do pedágio da rodovia Ramão Gomes, com contrapartida da Prefeitura Municipal. Para a maternidade, que no próximo dia 25 completa 60 anos, o Município repassou 24 poltronas reclináveis e nove aparelhos de ar condicionado. Os equipamentos garantem mais conforto e segurança para as mães, recém nascidos e acompanhantes. Todos os leitos estão disponíveis para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). O investimento foi de quase R$ 30 mil.

Outro setor beneficiado com as melhorias foi a rouparia. Assim que a junta assumiu a Santa Casa, a Prefeitura investiu R$ 45 mil em lençóis, enxoval, vestimenta para o corpo cirúrgico, funcionários e pacientes do hospital. No último domingo (5), o comandante do 6º Distrito Naval, Domingos Sávio Almeida Nogueira, entregou ao hospital mais 2.230 peças de roupas que serão utilizadas no cotidiano hospitalar. A doação fez parte da Ação Cidadania Almirante Tamandaré, realizada no último dia 5, no pátio da instituição.

Humanização

Composto pelos próprios funcionários, o grupo de Humanização do Hospital de Caridade de Corumbá também tem colaborado com as mudanças que a Junta Interventora vem promovendo. Com apoio da Receita Federal, o grupo conseguiu reformar completamente o setor SB1. Os seis leitos foram reformados e equipados para atendimento dos funcionários da instituição médica.

A instituição também está realizando a reforma da recepção da maternidade. O local será ampliado e adaptado para melhor atender às mães e seus acompanhantes. A pintura da fachada, que deve ser concluída nesta semana, foi feita graças à doação de toda a comunidade. O único gasto da Administração municipal foi com mão de obra, que somou algo em torno de R$ 6 mil.