Dia do Samba mostra energia corumbaense para o Carnaval 2011

O Dia Nacional do Samba, celebrado ontem (2), foi uma prévia do que será o Carnaval de Corumbá em 2011. A noite, o Teatro de Arena do Porto Geral ficou lotado para as apresentações musicais e o show proporcionado pelos alunos dos cursos de Percussão, Passista, Mestre-Sala e Porta-Bandeira, oferecidos pela Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal às agremiações da cidade. O evento reuniu aproximadamente 3 mil pessoas.

Voltados aos componentes das 9 escolas de samba do grupo especial e de acesso, os cursos de capacitação mostraram que a folia corumbaense, a mais tradicional e animada do Centro-Oeste brasileiro, está ainda mais profissionalizada. Durante as apresentações, a percussão mostrou afinação e contagiou o público. Os passos e ritmo das passistas e os mestres-salas e porta-bandeiras também arrancou aplausos.

Os 71 alunos do curso de Percussão, 12 de passistas e 26 de Mestre-Sala e Porta-Bandeira receberam o certificados de participação. Os documentos foram entregues pelo deputado estadual Paulo Duarte (PT), diretor presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal e secretário executivo de Relações Institucionais, Carlos Porto, e o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco), Zezinho Martinez.

A noite também reservou uma Roda de Samba com os grupos Sedução e Banda do Roxo. "As comemorações do Dia Nacional do Samba em Corumbá refletem um pedido do prefeito Ruiter (Cunha de Oliveira-PT) de celebrar o que o município tem de melhor, a alegria. Através do samba a população expressa sua descontração. O evento também marca os preparativos para o carnaval 2011", ressaltou Carlos Porto. O secretário lembrou também que os cursos para os integrantes das agremiações reforçam a política de profissionalização do samba em Corumbá.

Samba

O dia do Samba, 2 de dezembro, foi instituído pela Câmara de Vereadores da cidade de Salvador em 1940, como parte das homenagens ao compositor Ary Barroso, que um ano antes lançou "Aquarela do Brasil". A festa foi se espalhando pelo Brasil e em 1963 foi instituído o Dia Nacional do Samba.

A comemoração do Dia Nacional do Samba em Corumbá tem como objetivo contribuir com a consolidação dessa grande manifestação popular, a exemplo do Carnaval, presente no povo corumbaense e transmitidas aos turistas.