Cesta natalina garante ceia farta a famílias carentes de Corumbá

"Todos os dias eu tenho que capinar pelo menos um quintal para garantir um prato de comida. Moro sozinho e trabalho para ter o que comer. Para o Natal, nem esperava ter algo especial, mas agora terei uma ceia mais bonita e gostosa. Aí vai ficar muito bom". O comentário do capinador Arildo dos Santos, 62 anos, demonstra a satisfação e alegria das 2 mil famílias que receberam nesta quarta e quinta-feira (22 e 23) as cestas natalinas entregues pela Prefeitura de Corumbá, com investimento de cerca de R$ 140 mil, recursos provenientes do Fundo Municipal de Investimento Social (FMIS).

Morador do bairro Centro América, em um barraco improvisado ao lado do prédio do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS I), Arildo sobrevive do dinheiro que recebe pela limpeza de quintais dos moradores da região. Apesar da idade avançada, a necessidade de prover a própria alimentação faz com que o capinador continue trabalhando sob o sol escaldante de Corumbá. Para ele, a cesta natalina oferecida pela Prefeitura vai garantir uma ceia digna, um presente especial para quem está acostumado a depender de ‘bicos'. "Agora vai ficar muito bom", repetia várias vezes.

Entre os critérios para a entrega das cestas natalinas, a Secretaria Executiva de Assistência Social considerou, a partir de indicações das coordenações dos CRAS, o acesso limitado ou inexistente aos programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família. Para a dona de casa Nair Estevida, o kit veio na melhor hora possível. "Somos em 10 pessoas e vivemos com um salário mínimo por mês que minha mãe recebe. O Natal vai ficar bem melhor com o que ganhamos hoje, meus irmãos vão adorar o chocolate, não temos condições para comprar", disse ao agradecer a iniciativa, completando. "É muito bom saber que existem pessoas que não nos conhecem e, mesmo assim, estão preocupados com o nosso Natal".

A dona de casa Letícia Miller da Silva acordou cedo nesta quinta-feira para garantir os alimentos que vai utilizar no jantar da noite de Natal. "Cheguei cedo para não ficar muito tempo esperando. Já estou pensando em fazer uma mesa bem bonita para meu marido e meus filhos", comentou. Para a doméstica, Ângela Maria da Silva, os produtos da cesta vão alegrar a família. "Apesar de batalhar para que nunca falte comida na nossa mesa, é muito bom receber este presente de Natal. Vai ajudar e muito na hora de preparar a ceia", falou.

Entrega simbólica

Na tarde desta quarta-feira, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e a primeira-dama Beatriz Cavassa de Oliveira (secretária especial de Integração das Políticas Sociais), juntamente com vários secretários e servidores municipais, realizaram a entrega simbólica das cestas natalinas a oito famílias atendidas pelas unidades do CRAS na cidade, representando as 2 mil famílias contempladas nos dois dias. O ato ocorreu na Secretaria Executiva de Assistência Social, onde o prefeito ressaltou a satisfação em proporcionar a inúmeros corumbaenses a condição de desfrutar de um natal mais prazeroso e satisfatório.

Ao comentar o fato de que a Prefeitura também está atendendo famílias indicadas pela Cidade Dom Bosco e outras instituições sociais da cidade, Ruiter observou: "Trata-se do Poder Público imitando iniciativas de pessoas que nos deram grandes exemplos, como o padre Ernesto Sassida". O ato teve a presença dos secretários municipais de Gestão Governamental, Cássio Augusto da Costa Marques; de Ações Sociais, Maria Antonieta Santos Sabatel; e de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Campos Ametlla; além do próprio secretário executivo de Assistência Social, Haroldo Waltencyr Ribeiro Cavassa.