Casamento Comunitário se transforma em ferramenta de cidadania

Cerimônia na tarde de sábado (11), no Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer Nação Guató, marcou a legalização da união de casais que já viviam em regime estável. Foi a quinta edição do programa Casamento Comunitário, implantado pela Prefeitura de Corumbá em 2006, e que já beneficiou 404 casais. O ato reservou momentos emocionantes, como a troca de alianças, quando os noivos foram representados por Sebastião Gomes Fretes e Ovilce Maria da Mata, casal de pescadores que regularizou uma situação de 39 anos de união.

Outro ponto alto foi o brinde por parte do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) e da primeira-dama Beatriz Cavassa de Oliveira (secretária especial de Integração das Políticas Sociais, que coordena a iniciativa), com o casal André da Cunha Fonseca e Simone Canale de Souza. Esta edição foi bastante celebrada pelos casais e também pelo prefeito. "É um importante instrumento de cidadania que está permitindo a legalização da união de pessoas que não tinham condições de custear a documentação, permitindo o registro cartorário", comentou.

Ruiter observou que mais do que 404 casais, o programa permite que famílias sejam reconhecidas, beneficiando também os filhos e até mesmo os netos, e relacionou a data do casamento, sempre em dezembro, à época de Natal, quando é celebrado o nascimento de Jesus Cristo, "uma época para que todos nós possamos fazer uma reflexão de tudo o que fizemos e melhorar, e que a união dos 95 casais é abençoada por acontecer neste mês. Isso nos faz sentir felizes em proporcionar um pouco de felicidade a essas pessoas".

A secretária Beatriz também se mostrou satisfeita com o sucesso alcançado pelo Casamento Comunitário. "Proporcionamos do bom e do melhor para os noivos e seus convidados. Este momento é muito especial para os casais e também para todos nós, que estamos tendo oportunidade de vivenciar mais uma edição do casamento. A iniciativa alcançou todos os objetivos e nos proporcionou mais um momento de muita alegria", comemorou.

A cerimônia foi dirigida pela Juíza de Paz Neide Daud dos Santos Lins, que contou com o auxílio da oficial substituta do Registro Civil, Gláucia do Vale Pereira Paiva. A Banda de Música Manoel Florêncio, o Coral Cidade Branca e a Oficina de Dança contribuíram para o brilho da festa que, no primeiro ano, oficializou a união de 50 casais, chegando a 95 agora em 2010. Neide elogiou a ação da Prefeitura, que está "garantindo os direitos dos casais que, agora, estão amparados pela lei, permitindo maior segurança para a família toda".

A cerimônia, que contou ainda com sorteio de presentes, foi prestigiada pelo bispo de Corumbá, Dom Segismundo Martinez Alvarez; pela secretária de Promoção da Cidadania, Maria Lucia Ortiz Ribeiro; secretária de Ações Sociais, Maria Antonieta Sabatel; secretário executivo de Assistência Social, Haroldo Ribeiro Cavassa; secretário executivo de Relações Institucionais, Carlos Porto; secretária executiva de Meio Ambiente, Luciene Deová, além de outras autoridades civis, militares e eclesiásticas.