Ruiter articula emendas para Corumbá no Orçamento de 2011

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) iniciou nesta quinta-feira (18), em Brasília-DF, um roteiro de visitas aos integrantes da bancada federal de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de assegurar emendas para Corumbá no Orçamento Geral da União de 2011, que deve ser apresentado na próxima semana. A primeira visita nesse sentido foi ao deputado federal Vander Loubet (PT). A viagem também teve o propósito de agradecer o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, pela destinação de R$ 69 milhões do Governo Federal para investimento em obras na cidade, no âmbito da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

"O encontro com o ministro Padilha foi importante para agradecermos o Governo Federal, particularmente o presidente Lula, por Corumbá ter sido contemplada com mais de R$ 210 milhões na soma do PAC 1 e PAC 2", comentou o prefeito. Ele destacou que o programa está sendo fundamental para a retomada do desenvolvimento local, com obras em todos os setores, como habitação, saúde, educação, meio ambiente, turismo, infraestrutura, saneamento básico, entre outros. "Também aproveitamos a ocasião para reivindicar o encaminhamento de projetos que estão pendentes em Brasília, para que sejam liberados o mais breve possível", completou.

No caso da visita ao deputado Vander, o chefe do executivo corumbaense articulou com o parlamentar emendas que deverão ser apresentadas pela bancada sul-mato-grossense na próxima semana para o Orçamento de 2011. "Agora começa nossa peregrinação em Brasília com o objetivo de assegurar mais recursos para Corumbá. Estamos apresentando novos projetos para os deputados federais", frisou, acrescentando: "O deputado Vander tem se mostrado bastante parceiro e compromissando com várias emendas para o município".

Com pouco mais de um mês para o encerramento do ano, a ida do prefeito corumbaense, juntamente com o secretário executivo de Relações Institucionais, Carlos Porto, também tem função estratégica. "Também estamos articulando e buscando recursos, dentro do orçamento em vigor, que possam estar sobrando por inúmeras razões. Queremos aproveitar a oportunidade para justamente encaminhar nossos projetos", ressaltou.