Moradores da parte alta recebem lazer e orientação em saúde

Os benefícios do projeto Se Essa Rua Fosse Minha não se limitam apenas à urbanização e embelezamento de bairros, com o lajotamento de alamedas de Corumbá. A inclusão social é o principal objetivo da iniciativa que proporciona uma profissão e geração de renda aos moradores de várias regiões da cidade. Além disso, parcerias entre a Secretaria Especial de Integração de Políticas Sociais com outras pastas da Administração municipal ampliam a abrangência da ação. Um dos exemplos mais claros dessa integração ocorreu no sábado (27), com a atividade Manhã de Lazer oferecida à comunidade beneficiada pela sétima etapa do projeto.

A ação ocorreu na Escola Municipal Cássio Leite de Barros, no bairro Nova Corumbá, atendendo moradores de toda a região. O momento de alegria e descontração contou com atividades esportivas, como futebol de rua, confecção de artesanatos e barracas com orientações de saúde. O evento foi organizado em parceria com a Secretaria Executiva de Educação e a Fundação de Esportes de Corumbá (Funec).

"Esta é apenas uma das atividades promovidas pelo projeto Se essa Rua Fosse Minha. Além do momento de lazer, temos ações voltadas à saúde dos trabalhadores, conscientização sobre o meio ambiente e várias outras ações que integram o projeto", comentou a secretária especial de Políticas Sociais, Beatriz Cavassa de Oliveira, lembrando que, a partir da capacitação de pessoas para lajotar as alamedas beneficiadas, todos os moradores saem ganhando, devido à quantidade de ações que o programa envolve.

Sétima etapa

Nesta edição, o projeto atende os moradores dos conjuntos Cherogamy e Primavera, do bairro Cristo Redentor, e o 17º Batalhão de Fronteira, por meio de uma parceria estabelecida com o Exército Brasileiro, que vai permitir a pavimentação das Alamedas A e B, dentro da instituição militar.

Os 75 calceteiros receberam 70 horas de capacitação teórica e pratica, oferecida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Após este processo, o grupo iniciou a pavimentação de nove ruas e alamedas – Aroeiras, Tarumã, o Setor 13 (quadra 185) e a Rua Marechal Floriano, no Cherogamy; alamedas João XXI, Dea Baltar e Ermelinda Morais, no bairro Primavera, e Alameda Simão Bolívar, no Cristo Redentor.

Durante a execução do projeto, todo o bairro recebe diversas ações como a deste sábado, que será a terceira promovida nesta sétima etapa. As duas anteriores ocorreram nos bairros Cristo Redentor e Guanã. Outro objetivo é capacitar trabalhadores ao mesmo tempo em que os serviços resultam em embelezamento das localidades onde eles residem.