Secretaria Estadual também detectou irregularidades em hospital

Em julho deste ano, a Junta Interventora que administra o Hospital de Caridade de Corumbá recebeu um ofício referente ao Relatório de Visita Técnica 706/2010, realizada nos dias 21 e 22 de abril deste ano pela Diretoria Geral de Gestão Estratégica da Secretaria de Estado da Saúde. Na ocasião, conforme relatado no documento, a equipe técnica constatou diversas irregularidades no único hospital público que atende a população corumbaense, ladarense e os bolivianos que residem na fronteira.

Conforme o relatório, "a diretoria da ABC (Associação Beneficente Corumbaense) não consegue estabelecer uma gestão hospitalar eficiente e seu relacionamento com o corpo clínico e com a Secretaria Executiva de Saúde Pública de Corumbá está desgastado". Além disso, "o hospital não dispõe de gestão de material e medicamentos e, continuamente, há falta de material/medicamentos para a realização de procedimentos/tratamento".

Ainda de acordo com o documento, "não há respeito pelos prazos definidos pelo Manual de Sistema de Informação Hospitalar para a realização de cirurgias eletivas, demonstrando falhas na organização da gestão e da assistência". Outros problemas identificados no hospital mostram "desleixo" com a estrutura física e desrespeito com parte dos funcionários.

"A Central de Esterilização de Material encontra-se em desacordo com a Vigilância Sanitária"; "A estrutura física e condições de higiene do centro cirúrgico não são adequadas para a realização de cirurgias traumato-ortopedias"; "Os plantonistas da Clínica Médica não são remunerados pela escala de plantão médico, diferente das outras clínicas".