Ruiter concede título de hospede de honra a almirante Mendonça

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT) assinou nesta terça-feira (5), durante solenidade realizada no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez, o decreto nº. 839, que concede ao almirante-de-esquadra Luiz Umberto Mendonça o título de hospede de honra de Corumbá. "Sentimo-nos especialmente honrados nesta ocasião da visita do comandante de Operações Navais, almirante Mendonça, que aqui permanecerá durante toda esta semana para realizar a Inspeção Administrativa Militar do 6º Distrito Naval", disse o prefeito.

"O almirante Mendonça é considerado um grande amigo da cidade, desde que esteve conosco em 2001 e 2002, por isso mesmo está recebendo também o merecido título de Cidadão Corumbaense, concedido pela Câmara Municipal, além de ser considerado hóspede de honra do município", complementou Ruiter, que associou a visita do almirante-de-esquadra a duas importantes datas celebradas neste mês: o aniversário de 189 anos da criação do Comando Militar do Oeste, criado em 1º de outubro de 1821, e o aniversário de 22 anos da Constituição Federal, promulgada em 5 de outubro de 1988.

O título de Cidadão Corumbaense foi entregue pelo vereador Marco de Souza Martins (PT). Presidente da Sociedade dos Amigos da Marinha (Soamar) Ladário-Corumbá, o médico Nilton Grey Otto Lins lembrou que os laços que ligam o almirante à região são ainda mais antigos. "Começaram em 1971, quando seu pai, general Mendonça, comandou a 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira".

Também presente na solenidade, o prefeito de Ladário, José Antônio Assad e Faria (PT) destacou a participação das Forças Armadas na formação da sociedade ladarense. "A presença do 6º Distrito Naval sempre marcou profundamente a área social de nossa cidade, trazendo os valores da Marinha para dentro de nossa comunidade", enfatizou.

Emocionado pelas homenagens, o almirante-de-esquadra Mendonça afirmou que recebeu todas as honrarias em nome da Marinha. "Entendo que correspondi às expectativas que os senhores e a Marinha depositaram em mim", disse, completando: "Vivi aqui há oito anos e hoje, ao retornar, encontro grandes amigos, com a mesma honestidade, franqueza e atenção daquele tempo".