Professores de Corumbá são valorizados, afirma secretário Hélio

"Quanto mais entendo de ensinar, mais me certifico do quanto tenho que aprender". Esta frase do pensador Nildo Lage é a mensagem que a Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Executiva de Educação, quer transmitir no Dia do Professor, celebrado nesta sexta-feira (15), em reconhecimento e homenagem aos mais de 1,3 mil profissionais que atuam na Rede Municipal de Educação (Reme). Mais do que palavras, no entanto, a atenção dada pelo Município à educação se materializa em investimentos. Apenas nos últimos dois anos, foram aplicados mais de R$ 8 milhões na área em Corumbá.

Melhorias nos espaços físicos, como a reforma de nove escolas e a cobertura de sete quadras, além das que estão em fase de construção, são apenas alguns exemplos dessa atuação. E além dos ganhos nos aspectos físicos, como prédios mais bonitos e confortáveis, os resultados práticos no ensino foram comprovados a partir de uma avaliação criteriosa feita pelo Ministério da Educação (MEC). Os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) mostraram uma evolução no nível de aprendizado dos alunos da Reme, mostrando que investimentos e resgate da auto-estima dos profissionais da educação surtem efeitos significativos.

"Isso é fruto de muito empenho, porque os professores estão aprendendo mais, recebendo mais formação continuada, muito mais atenção em seu trabalho", observou o secretário executivo de Educação, Hélio de Lima, acrescentando: "Os professores estão sendo valorizados. Hoje vejo que muitos desses profissionais, com o salário pago pela Prefeitura, trocaram o carro, reformaram suas casas, trocaram a televisão. Isso é qualidade de vida". Com uma forte política de valorização do profissional da educação, os salários pagos pela Reme estão acima do piso nacional. O ganho real médio foi de 102%, além do auxilio alimentação, que elevou a renda em 7,7%.

Por meio de várias formações continuadas, os professores têm a oportunidade de interagir com outros profissionais da área e aprender mais. Isso se reflete diretamente na motivação e no rendimento nas aulas. "Os alunos estão realmente aprendendo? O conhecimento tem utilidade na vida deles? Então, o professor também recebe nota 10", afirma Hélio. "Precisamos fazer o melhor para que a escola pública seja um local de aprendizagem de qualidade e transformação social. Quando as pessoas aprendem, elas começam a ter outra visão de mundo, conversam melhor com os outros, reivindicam direitos, discutem mais e, por isso, o professor é tão importante", completou.