Novo LIRAa vai definir estratégia de combate à dengue no verão

O setor de saúde pública da Prefeitura de Corumbá está programando para os dias 3 e 4 de novembro a realização do Levantamento de Índice Rápido de Infestação de Aedes aegypti (LIRAa), referente ao 6º ciclo epidemiológico de 2010. O trabalho é considerado fundamental para definir as estratégias de prevenção e combate à dengue no verão, período de maior risco de transmissão da doença. O resultado será divulgado no dia 8 de novembro.

O levantamento será desenvolvido por uma equipe composta por 62 técnicos do Município, ligados ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) – Coordenação Municipal de Controle de Vetores, da Secretaria Executiva de Saúde Pública. Serão 54 agentes de endemias, seis supervisores de áreas e dois supervisores gerais.

"Com o diagnóstico do LIRAa, vamos identificar o nível de infestação e vulnerabilidade em relação à dengue por estratos (regiões) antes do início do verão, que é o período preocupante", afirma a bióloga sanitarista Grace Bastos, chefe do CCZ. "O resultado vai apontar os bairros com maior índice de infestação predial, bem como os tipos de depósitos ou criadouros, para intensificarmos as ações nestas áreas", complementa.

Dados da Secretaria Executiva de Saúde Pública dão conta da existência de 35.247 imóveis cadastrados, distribuídos em 1.091 quarteirões. O levantamento será por amostragem e deverão ser visitados 1.713 imóveis em 259 quarteirões. O levantamento será executado nos bairros Arthur Marinho, Cervejaria, Dom Bosco, Generoso e Centro 1 (resultado da divisão do bairro Centro para fins de amostragem para o LIRAa, estendendo-se dos limites da Rua Edu Rocha até a Rua Antonio Maria), chamado de estrato 1, composto por 44 quarteirões e 427 imóveis;

E ainda Beira Rio, Centro 2 (da Rua Antonio Maria à Rua Albuquerque), Maria Leite, Universitário, Industrial e Previsul, no estrato 2, com 67 quarteirões e 428 imóveis; Centro América, Cristo Redentor (composto por: Vitória Régia, Cristo Redentor e Cravo 1, 2 e 3), Nossa Senhora de Fátima, Popular Velha e Guatós, estrato 3, com 69 quarteirões e 430 imóveis, e Aeroporto, Guarani, Jardim dos Estados, Nova Corumbá e Popular Nova, o estrato 4, composto de 79 quarteirões e 428 imóveis a serem amostrados.

Grace informa também que, neste período, estão mantidas as atividades da mega operação de combate à dengue que vem sendo realizada na cidade, com visitas a imóveis fechados, limpeza de terrenos baldios e retirada de depósitos inservíveis e pneumáticos das encostas e orla ribeirinha, que está sendo desenvolvida por equipes de agentes de endemias, fiscais da Vigilância Sanitária, militares do Exército Brasileiro, brigadistas do PrevFogo e agentes ambientais.