No Dia do Dentista, Prefeitura promove campanha de prevenção

A Secretaria Executiva de Saúde Pública realizou nesta segunda-feira (25), Dia do Cirurgião Dentista, uma campanha de orientação e prevenção ao câncer bucal nas Unidades Básicas de Estratégias de Saúde da Família (UBSF). Durante toda a manhã, foram distribuídos panfletos explicativos e abordados assuntos referentes à causa, manifestação, medidas preventivas e tratamento da doença.

O câncer bucal é um dos tumores malignos mais comuns no Brasil e afeta principalmente os homens acima de 45 anos. Entretanto, a incidência em mulheres que possuem hábitos considerados de risco está aumentando. O câncer tem cura, principalmente quando diagnosticado no início. A principal forma de detectar a doença é através do auto-exame de boca.

O gerente de Saúde Bucal da Prefeitura de Corumbá, Zacaria Yahya Mohamad Omar, orienta que quando qualquer alteração for encontrada, deve-se procurar o dentista. O profissional irá avaliar a necessidade da realização de uma biópsia (remoção de um pequeno fragmento para exame microscópico) para confirmação do diagnóstico.

O câncer de boca aparece geralmente como uma ferida com as bordas elevadas. Pode apresentar-se também com coloração branca ou avermelhada. Essa ferida, no início, não dói e não cicatriza. "Qualquer alteração de cor ou volume deve ser examinada pelo dentista, bem como dificuldade em falar ou engolir", explicou Zacaria.

Os principais fatores que podem levar ao aparecimento da patologia são: hábito de fumar e consumir bebidas alcoólicas em excesso. Quando o fumo e o álcool estão associados, o risco de desenvolver a doença aumenta mais de 100 vezes. Nos casos de câncer de lábio, a exposição ao sol é o principal fator, seguido do fumo.

O tratamento do câncer de boca é feito basicamente através de cirurgia, associada ou não a quimioterapia e radiologia. Se diagnosticado no início e tratado de maneiro correta, a cura do câncer pode ser obtida na maioria dos casos. Metade dos casos no Brasil é diagnosticada tardiamente.

"Em continuidade a este trabalho, uma atividade educativa e preventiva foi realizada com as crianças do Moinho Cultural. Elas receberam orientações quanto a higiene oral, dietas não cariogênicas, maneira adequada de escovar os dentes e outros assuntos pertinentes. Depois de tudo isso, as crianças passaram pela Escovação Supervisionada, com auxílio do Escovódromo", concluiu Zacaria.

Prevenção

As principais formas de prevenção ao câncer bucal são: deixar de fumar; não beber em excesso; proteger os lábios e a pele contra os raios solares; alimentar-se de maneira saudável, com verduras, frutas e legumes; executar o auto-exame todo mês; e procurar o dentista se tiver alguma dúvida ou notar qualquer alteração.