Morre Alcides Silveira, o Pombinho, do cordão Flor de Corumbá

Corumbá perdeu na tarde desta quinta-feira (7) um dos grandes nomes da história de seu Carnaval. Alcides dos Santos Silveira, o Pombinho, presidente do cordão Flor de Corumbá, faleceu na casa de parentes, aos 68 anos de idade, vitima de AVC. "Graças à persistência dele é que os cordões conseguiram chegar aos anos 2000. Pombinho foi fundamental no processo de resgate desta página importante da folia corumbaense. Talvez, se não fosse a persistência dele, hoje Corumbá não seria uma das poucas cidades do Brasil a ainda manterem viva a tradição dos cordões carnavalescos", comentou a superintendente de Cultura do Município, Heloísa Helena da Costa Urt.

O Flor de Corumbá foi criado em 1933 por João Teodoro de Araújo, o popular Peito de Aço. O cordão desfilou até o ano de 1946, depois retornou à passarela em 1983, já com a presidência de Alcides Silveira. O velório de Pombinho ocorre na funerária Anjo da Paz, na rua Major Gama, centro da cidade. O enterro está marcado para as 14 horas desta sexta-feira, no cemitério Santa Cruz.