“Linhas do Tempo” mostra arquitetura de Corumbá e o Pantanal

Os imóveis da região central de Corumbá serviram de tema para as obras da exposição "Linhas do Tempo". Artistas pantaneiros retratam em desenhos os imóveis e fachadas que compõem o conjunto arquitetônico da cidade. A abertura do evento ocorreu na noite de quarta-feira (6) no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez.

Os visitantes podem conferir 60 obras de quatro artistas locais, sendo que 42 delas retratam prédios e residências de Corumbá. O objetivo é mostrar edificações diferentes daquelas do Porto Geral, também consideradas berço de inspiração para os praticantes da arte de pintura em telas. Outros temas também foram abordados pelos artistas, como as pessoas e a fauna pantaneira.

Os trabalhos expostos utilizam técnicas diferentes. Em alguns casos, por exemplo, os traços feitos com grafite foram reproduzidos em computação gráfica e impressos. O evento é uma realização da Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal. As obras estão à disposição dos visitantes até o próximo dia 23.