Fórum discute Educação de Jovens e Adultos a partir do dia 7

Com uma gama de temas bastante abrangente, envolvendo Cidadania, Educação, Saúde, Cultura, Meio Ambiente e Turismo, Corumbá presencia nesta quinta-feira (7) a abertura do II Fórum da Educação de Jovens e Adultos. A solenidade está marcada para as 19 horas, na Escola Municipal Fernando de Barros, responsável pela realização do evento juntamente com as escolas municipais Barão do Rio Branco e Delcídio do Amaral, com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Executiva de Educação.

Quem abre o fórum é o próprio secretário executivo Hélio de Lima, com uma palestra sobre o tema principal do debate. Outro assunto previsto para este a primeira noite, já às 19h30, é Comunicação, tendo como palestrante a jornalista Rosana Nunes. Na mesma ocasião, estão programadas exposições e apresentação das pesquisas feitas pelos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), com os temas Educação, Cidadania e Cultura.

O Fórum prossegue na sexta-feira (8), com palestra do juiz de Direito da 2ª Vara Criminal de Corumbá, Roberto Ferreira Filho, também às 19 horas, seguida de exposição e apresentação de pesquisas. Nesta noite, os temas em questão serão Saúde, Turismo e Meio Ambiente.

Pesquisas

Para este ano, os organizadores do fórum definiram seis temas para pesquisas dos alunos da EJA: Integração das Comunidades da EJA do Assentamento Paiolzinho e Fernando de Barros; Cidadania – Ética, Deveres e Direitos do Cidadão; Patrimônio Material e Imaterial; Saúde – DST's e Gravidez na Adolescência; Pontos Turísticos; e Meio Ambiente – Rio Paraguai, Queimadas e Áreas de Risco.

Além dos alunos da EJA, o Fórum da Educação de Jovens e Adultos é voltado a toda a comunidade. A iniciativa busca desenvolver no aluno a consciência crítica para que seja cumpridor de seus deveres e que exija seus direitos; para saber o que é cidadania, valorização das escolas, do ensino, da aprendizagem, dos alunos e dos professores da EJA e sua importância, além de propiciar momentos para discutir saúde, turismo, cultura e meio ambiente.