Agetrat repassa regras a coordenadores de pontos de moto-táxi

Após a eleição de 18 novos coordenadores de pontos de moto-táxi em Corumbá, a Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) se reuniu com os empossados para repassar as regras e a legislação que regulamenta a atividade de transporte de passageiros. O encontro ocorreu na manhã desta quinta-feira (21) e estreita o laço do Poder Público municipal com a categoria.

Conforme o coordenador de Educação para o Trânsito do órgão, Gerson Moraes, a escolha das lideranças dos pontos de moto-taxi foi feita pelos próprios trabalhadores. "A média é de oito a 15 moto-taxistas por ponto. Eles se reuniram e definiram quem seriam os coordenadores", explicou. Para ele, estes profissionais são de suma importância para o bom relacionamento entre a Agetrat e a categoria. "Eles são os elos, a partir dos quais podemos repassar as informações aos demais profissionais", completou.

Na pauta da reunião de hoje estavam assuntos relativos à atribuição dos coordenadores, seguindo a Lei Municipal nº. 1941/2006 e o decreto nº. 345/2007. Entre os pontos discutidos, estavam a organização do ponto onde trabalham os moto-taxistas, a saída com passageiros, o respeito à ordem de precedência na fila, o tratamento aos colegas de trabalho com urbanidade e respeito, cobrança da utilização do kit moto-táxi, além da obrigação de representar o ponto em reuniões e convocações quando solicitado e comunicar irregularidades no ponto, entre outros.