Moradores do Previsul são contemplados com Circulando Arte

Prosseguindo com a proposta de proporcionar opções de lazer e cultura aos bairros de Corumbá, mais uma edição do projeto Circulando Arte mobilizou a comunidade do conjunto Previsul, no último sábado (25), com um momento de alegria e descontração. A noite contou com a apresentação do Coral Cidade Branca e de coreografias dos alunos da Oficina de Dança do Pantanal, além do grupo USA-ME, cujas dançarinas são todas moradoras do próprio bairro, que mostraram passos coordenados com músicas evangélicas. O evento exibiu ainda uma reportagem do programa "50 por 1", da Rede Record, apresentado por Álvaro Garnero, que mostrou a dança do Cururu e Siriri. O cantor Franklin Melo encerrou a noite.

"Mais de 100 pessoas do bairro tiveram a oportunidade de ver boa música, apresentação do coral e coreografias da Oficina de Dança. Estamos trazendo tudo o que produzimos de arte em Corumbá para os bairros. E vamos sempre aprimorando e chamando toda a comunidade para participar", comentou o secretário executivo de Relações Institucionais do Município e diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Carlos Porto. Atendendo a uma reivindicação da comunidade, a instituição vai disponibilizar um professor de Street Dance para dar aulas aos moradores do Previsul.

"Ficamos gratos pela oportunidade de presentear o bairro com essa apresentação, no mês em que Corumbá completa 232 anos, trazendo cultura e lazer para interagir com nossa comunidade. Esperamos mais vezes sermos contemplados pela Prefeitura de Corumbá com este projeto", disse Jair Brasil da Conceição, presidente da Associação dos Moradores do Previsul.

Formado há seis anos e composto por 18 mulheres, o grupo USA-ME pôde mostrar à comunidade do bairro como evangelizar através da arte do movimento. "É muito gostoso, além de participar, estamos mostrando o que fazemos em nossa igreja. Muitos acham que o local é só para orar, o que não é verdade. O projeto Circulando Arte é uma ótima oportunidade proporcionada pela prefeitura, eu amei", destacou Milzete Valéria Montenegro da Conceição, coreógrafa do grupo.

Para a maioria dos moradores, o evento resgata um ambiente para reunir a família. "É uma distração, precisamos que eventos como este aconteçam mais vezes aqui no bairro", afirmou a doméstica Maria de Almeida. Já a dona de casa Maria José Fernandes acredita que a população deve se envolver ainda mais. "Os moradores têm que participar mais. É um bom momento para trazer os filhos e netos para, juntos, assistirmos boas apresentações. Eu gostei muito e espero que aconteça mais vezes", disse.

Pôr do Som

Os maiores sucessos do sertanejo universitário agitaram o fim da tarde de domingo (26) com o tradicional Pôr do Som. Nem mesmo a chuva que ameaçava cair esfriou o ânimo da plateia que acompanhava cada música apresentada pela dupla Lívia e Nando. Conforme o secretário Porto, os fins de semana em Corumbá agora contarão sempre com atrações no Porto Geral ou nos bairros. "Aos sábados, em algum lugar da cidade, estaremos lá com o projeto Circulando Arte", enfatizou. Ambos os eventos são inteiramente realizados pela Prefeitura Municipal, por meio da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.