Escola Izabel Corrêa avalia conhecimento de alunos em simulado

A Escola Municipal Izabel Corrêa de Oliveira realizou na semana passada um simulado para todos os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. Durante os últimos dias 16 e 17, foram realizadas avaliações nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Ciências e Inglês. A atividade visa melhorar a qualidade do ensino oferecido e à redução do índice de reprovação. "Além de ajudar na nota, o teste nos permite saber se realmente aprendemos o que os professores nos passaram e atestar a real qualidade da escola", avaliou Amanda Silva Costa, aluna matriculada no 9º ano.

Em 2009, as escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) superaram os estabelecimentos de ensino do Estado e particulares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Nas séries finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries), a nota alcançada, 3,3, superou a meta estabelecida pelo Ministério da Educação para o ano, que era de 3,0, atingindo a meta de 2011.

O resultado ainda superou as escolas estaduais e particulares, que atingiram notas 2,8 e 3,1 respectivamente, com as unidades estaduais ficando abaixo da meta estabelecida para 2009, que foi de 3,0. A nota obtida nas séries iniciais (1ª a 4ª), também foi considerada boa. A Rede Municipal obteve média de 3,7, acima da meta que era de 3,5, e somente 2 décimos abaixo da meta estabelecida para 2011, que é de 3,9.

O Ideb

O Ideb foi criado em 2005 para medir a qualidade do ensino público no país e é calculado a cada dois anos, levando em conta as notas da Prova Brasil e os índices de reprovação. O Inep estabeleceu metas de qualidade que devem ser atingidas pelo país, pelos estados, municípios e pelas escolas. O objetivo é que a média nacional chegue a 6 em 2021.