Alunos da UFMS aprendem sobre Zumbi dos Palmares em palestra

Os acadêmicos do curso de história da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS – Campus do Pantanal) tiveram uma aula diferente na noite desta sexta-feira (24). A partir de uma iniciativa da Prefeitura de Corumbá, por meio da Gerência de Promoção da Igualdade Racial, ligada à Secretaria Municipal de Promoção da Cidadania, os estudantes participaram de uma palestra com o jornalista, historiador, professor e escritor Ivan Alves Filho, que veio a Corumbá lançar o livro "Memorial dos Palmares". A obra retrata vários fatos da história brasileira relacionados à luta de classes e se propõe a interpretar e contribuir para a compreensão da dinâmica dos movimentos sociais.

Foi mais de uma hora de explanação para transmitir aos estudantes a longa pesquisa sobre Zumbi dos Palmares, um dos grandes nomes da luta contra a escravidão no país, bem como a própria trajetória do escritor. Neste ponto, ele enfatizou como conseguiu, em pleno Governo Militar do fim da década de 60, chegar à tradicional Universidade Paris-VIII, na França, onde também se pós-graduou pela Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris.

"É uma experiência muito ampla. Que faz a história de nosso País ficar ainda mais rica com o seu relato. Acho fundamental discutir sobre Zumbi dos Palmares, principalmente em Corumbá, onde a maioria da população é negra", argumentou a acadêmica do 1º ano do curso de História, Joana Fátima Paulina da Silva. Já para Kelly Cristina da Silva Santos, a oportunidade serve para aprender mais sobre a história do país, para repassar aos futuros alunos. "Quero ser professora. Ouvir sobre a cultura negra vai me ajudar a ensinar durante as aulas", frisou.

Segundo a secretária municipal de Promoção da Cidadania, Maria Lúcia Ortiz Ribeiro, eventos como estes reforçam a parceria entre a Prefeitura de Corumbá e a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. "Somos parceiros e queremos proporcionar a discussão sobre vários assuntos com os estudantes. Esta iniciativa é muito importante", comentou a secretária, que no ato representou o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT).

O autor tem no currículo 10 livros, entre os quais "Brasil, 500 anos em documentos" (apresentado pelo arquiteto Oscar Niemeyer), "Cozinha brasileira (com recheio de História)" e "Velho Chico mineiro" (prefaciado pelo ex-presidente da República, Itamar Franco). Participou de oito outros livros coletivos, um dos quais editado pela Unesco, em Portugal, e escreveu, juntamente com o consagrado historiador Nelson Werneck Sodré, o livro "Tudo é política", além de ter publicado mais de 40 ensaios e artigos históricos em importantes revistas brasileiras, se tornou um momento enriquecedor aos presentes.