Se Essa Rua Fosse Minha leva palestra educativa para o Cras II

O projeto Se Essa Rua Fosse Minha vai além do calçamento das alamedas e oportunidade de trabalho para os moradores das vias beneficiadas. A partir da parceria entre a Secretária Especial de Integração das Políticas Sociais e diversas pastas do Executivo municipal, a ação proporciona melhora nas condições de trabalho e também momentos de lazer e confraternização entre os familiares. Nesta terça-feira (31) os moradores da parte alta da cidade participam de uma roda de conversa sobre “Convívio Social e Familiar”, às 14h30, no Cras II. Após o encontro haverá uma oficina de artesanato, promovida pela Secretária Executiva de Meio Ambiente.

Em sua 7ª edição o Se Essa Rua Fosse Minha agora atende os moradores dos bairros Cherogamy, Primavera e parte do bairro Cristo Redentor. A iniciativa de agregar outras secretarias da Prefeitura de Corumbá tem como objetivo somar forças. “O objetivo é que todos participem. Vamos promover cursos de geração de renda, momentos de lazer além da ginástica laboral com os trabalhadores. Queremos atender também os moradores das alamedas que serão lajotadas”, comentou Eulina de Medeiros Vieira, responsável pelo acompanhamento do projeto.

Antes de começar a rotina da fabricação das lajotas sextavadas os participantes do Se Essa Rua Fosse Minha alongam o corpo através da ginástica laboral, iniciativa da Fundação de Esportes de Corumbá. Antes de começar o expediente os trabalhadores fazem exercícios laborais. A secretária especial de Integração das Políticas Sociais está recebendo os projetos de outras secretarias para integrarem o programa.

Subsecretaria de Comunicação Institucional