Santa Fé conquista o título da Copa Integração Popular-Série B

Marcos Boaventura

Miranda entrega troféu ao capitão do Santa Fé

Em um jogo emocionante, decidido apenas na cobrança de pênaltis, o Santa Fé ficou com o título da Copa Integração Popular de Futebol Amador-Série B. No tempo normal, o placar terminou empatado em 1 a 1. Tuia abriu o marcador para o Santa Fé aos 36 minutos do segundo tempo. O empate só veio nos acréscimos, aos 47, com Flávio. No desempate, o tricolor do Popular Velha venceu por 5 a 4.

Negro Drama, Polaco, Gonçalinho e Flávio marcaram para o Aeroporto, mas a cobrança do goleiro Nélio parou nas mãos de Zé. Já do outro lado, Tuia, Chiquinho, Edê, Giovani e Chiquita converteram e garantiram o título para o Santa Fé. “Foi uma disputa muito boa. Os jogos foram pautados na lealdade, na bola, valorizando nosso futebol”, destacou o diretor-presidente da Funec (Fundação de Esportes de Corumbá), Heliney de Miranda Júnior.

Para Miranda, os números atingidos durante a competição e a participação da população – a Esplanada ficou lotada pela torcida durante a final deste domingo (29) – refletem a valorização do esporte amador pantaneiro alcançado nos últimos anos. “Corumbá sempre foi um celeiro de esportistas. O objetivo do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), e que em grande parte já surtiu resultados muito positivos, é resgatar esta tradição”, complementou.

A Copa Integração Popular-Série B teve 37 jogos disputados e 163 gols marcados, média de 4,4 por partida. Como acontece todos os anos, os troféus receberem o nome de grande desportistas da cidade. Com oito gols, Tuia foi o artilheiro da competição é recebeu a taça Waldir Marques Lontra, o “Didi”. O melhor goleiro foi Zé, do Santa Fé, cuja premiação homenageou Gerson Jordan dos Santos, o “Chicão”.

O Santa Fé recebeu a taça Arcílio de Oliveira e Souza, o popular “Sem Orelha”, enquanto o Universitário ganhou o troféu Paulo César Cândido Vianna, o “Paulinho”. A Série B foi organizada pela prefeitura, por meio da Funec, e pela Lec (Liga de Esportes), com apoio do Sindárbitros (Sindicato dos Árbitros) e do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da cidade.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional