Hospital de Caridade viabiliza novo equipamento para UTI

Márcio Cruz

O aparelho foi adquirido pela Santa Casa em sistema de comodato

Médicos e enfermeiros do Hospital de Caridade de Corumbá receberam nesta quinta-feira (26) treinamento técnico para operar o analisador sanguíneo I-Stat Aboot Point of Care. O aparelho foi adquirido pela Santa Casa em sistema de comodato junto à empresa Promédica Hospitalar, do Rio de Janeiro. O equipamento é um dos mais modernos existentes no mercado e é capaz de mensurar, em no máximo 2 minutos, parâmetros de gasometria completa, bioquímica e coagulação sanguínea.

“Para conseguir os marcadores cardíacos, o operador só precisa de 2 gotas de sangue, u seja 0,1 ml”, explicou a enfermeira Carla Vilela Silva, responsável pelo treinamento aos funcionários do hospital. “Com este equipamento é possível ter parâmetros com muito mais agilidade, o que para um paciente da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), é fundamental”, justificou Simone Fernandes, enfermeira supervisora do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da Santa Casa de Corumbá.

Há mais de cinco anos a instituição médica não contava com um aparelho de gasometria. “O contrato de comodato não tem um tempo determinado, uma vez que o hospital vai pagar somente pelos insumos (cartuchos) consumidos”, disse Lamartine de Figueiredo Costa, presidente da junta que administra a Santa Casa. O I-Stat é portátil, pesa menos de 1 quilo e funciona a baterias, o que o permite ser utilizado em outros setores médicos.

O aparelho possui ainda uma impressora portátil, analisador e uma mesa de aço para transporte e certificado de qualidade. A empresa contratada oferece total manutenção do equipamento. Segundo Lamartine, a aquisição do equipamento foi possível graças aos investimentos realizados na entidade nos últimos meses. Este é o segundo equipamento existente na região. O Hospital Naval de Ladário também possui a tecnologia.

Rodrigo Nascimento – Subsecretaria de Comunicação Institucional