Corumbá vacina 10,3 mil crianças contra paralisia na 2ª etapa

Marcio Cruz


Mães atenderam ao chamamento e levaram os filhos para vacinar. Campanha continua até o final do mês em Corumbá

Corumbá fechou o Dia D da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite com um total de 10.308 crianças imunizadas. O balanço foi divulgado no final da tarde deste sábado pela Secretaria Executiva de Saúde Pública da Prefeitura municipal, ligada à pasta da Secretaria de Ações Sociais, que coordenou os trabalhos. Os números superam o registrado na primeira etapa quando foram registradas 10.232 imunizações, 100,08% da população infantil nesta faixa etária, abaixo de cinco anos. Desta vez, os índices chegaram a 100,80%, bem acima da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que era vacinar 9.714 crianças.

Os números foram divulgados pelo responsável pelo Núcleo de Imunização da Secretaria Executiva de Saúde, Wangley Bento de Campos. Conforme ele, mesmo ultrapassando a meta, a Prefeitura mantém aberta a campanha. “Todas as unidades de saúde que disponibilizam de salas de vacinação, vão continuar a campanha até o final de agosto”, explicou, acreditando que o número de vacinados deve crescer ainda mais. A explicação é que, na região, o setor de saúde pública atende também as crianças bolivianas.

Wangley informou ainda que, durante todo o sábado, as equipes da saúde pública aplicaram também doses da vacina tetravalente, contra a difteria, tétano e coqueluche, ou mesmo a reforço, a DTP (tríplice bacteriana). “Aproveitamos para melhorar os índices da tetravalente”, explicou ao anunciar que, na segunda-feira, a Secretaria estará disponibilizando números dessa vacina. Adiantou ainda que, uma preocupação dos profissionais que trabalharam na campanha, foi atualizar o cartão de vacinação. Além da vacina tetravalente e contra a paralisia infantil foram disponibilizadas também vacinas contra tetravalente, febre amarela, tríplice viral, rotavirus, tríplice bacteriana (DTP), hepatite B e contra tétano, inclusive para adultos, febre amarela, tétano e hepatite B.

A segunda etapa da campanha foi realizada durante todo o sábado, das 8h às 17h. A abertura da campanha nacional foi durante um ato simples, mas de grande importância, na Unidade de Saúde da Família Gastão de Oliveira, no bairro Maria Leite. Presentes a secretária municipal Maria Antonieta Sabatel, de Ações Sociais; secretário executivo Lauther Serra, de Saúde Pública, além de assessores. Após o ato, os dois visitaram outros postos de vacinação, acompanhando os trabalhos. Eles já esperavam ultrapassar a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional