Caminhada contra as queimadas será na sexta-feira pela manhã

A Prefeitura de Corumbá desencadeia nova campanha para conscientizar a população sobre os problemas causados pelas queimadas à saúde pública e ao meio ambiente. Nesta sexta-feira, 13 de agosto, acontece a oitava Caminhada contra as Queimadas, que vai envolver os alunos da Escola Municipal Tilma Fernandes e a comunidade do bairro Cervejaria, localizado às margens do rio Paraguai. O evento está sendo organizado pela Secretaria Executiva de Saúde Pública, ligada à Secretaria Municipal de Ações Sociais.

A Caminhada contra as Queimadas será iniciada às 8 horas, em frente à Escola Tilma Fernandes. O trajeto será pela Ladeira Brandão Junior, 21 de Setembro e Dom Aquino. O término será na praça da Independência, centro da cidade. Além dos profissionais da área de saúde e alunos, estão sendo convidados a participar os moradores da região ribeirinha, centro e de outras localidades, além de representantes das igrejas, associações de bairros, Organizações Não Governamentais e entidades representativas.

A ação conta com a participação do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Vigilância em Doenças e Agravos Não-Transmissíveis (DANT), Estratégia de Saúde da Família Ênio Cunha, Gerência Municipal de Defesa Civil, Secretaria Executiva de Meio Ambiente, Agência Municipal de Trânsito, Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar e da Vale.

Segundo Jackson Uchoa, do setor de Educação em Saúde da prefeitura, a participação dos alunos será fundamental para conscientizar a população a evitar as queimadas urbanas, que causam enormes prejuízos ao meio ambiente e, principalmente, à saúde da população. Ele lembra que as consequências das queimadas desenfreadas são imediatas, com um aumento nos atendimentos de urgência nos postos de saúde do município, todos por problemas do sistema respiratório.

A ideia é fazer com que os alunos sejam multiplicadores das ações, mostrando as consequências das queimadas para a saúde da população. Durante a caminhada, os organizadores vão orientar os moradores sobre os riscos das queimadas urbanas, como evitar e o porquê de se evitar este tipo de incidência.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional