Reforma de escolas reflete no aprendizado dos alunos da Reme

Márcio Cruz

Escola Cyríaco Félix de Toledo é uma das contempladas com reformas, que somam investimentos de R$ 8 milhões, com recursos do Fundeb

Investimentos em obras físicas nas escolas influem diretamente na melhoria da qualidade do ensino em Corumbá. É o que afirma o secretário executivo de Educação, Hélio de Lima, ao lembrar, que somente nos dois últimos anos, a Prefeitura Municipal está investindo cerca de R$ 8 milhões em reformas e ampliações dos estabelecimentos de ensino, construção de quadras poliesportivas cobertas, aquisição de veículos (inclusive ônibus para transporte dos estudantes), além de kits de uniformes e material escolar.

Segundo o secretário, os investimentos fazem parte de uma política adotada pelo prefeito Ruiter Cunha de Oliveira (PT), cujos resultados refletem no aprendizado das crianças. Prova disso, na avaliação dele, foi a média obtida pela Rede Municipal de Ensino (Reme) no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2009. Nas séries finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries), a nota alcançada foi 3,3 e superou a meta estabelecida pelo Ministério da Educação para 2009, que era de 3,0, já atingindo a meta para 2011. Já nas séries iniciais (1ª a 4ª), a média foi 3,7, acima da meta que era de 3,5, e somente dois décimos abaixo da meta estabelecida para 2011.

“Tudo isso é reflexo dos investimentos na educação. O aprendizado das nossas crianças passa também pelas obras físicas nas escolas, como reformas, ampliações, e até mesmo na construção das quadras esportivas cobertas que o Município está disponibilizando”, afirma Hélio. Para ele, tudo faz parte de uma política de valorização da educação que passa também pela capacitação profissional dos servidores, como professores e outros funcionários, contemplando a questão salarial e outros benefícios para a categoria.

Escolas e creches

Hélio lembra que, desde 2009, a prefeitura investiu cerca de R$ 3 milhões em reformas, ampliações e revitalizações de escolas, como forma de dotar as unidades educacionais de todas as condições necessárias para o bem-estar da comunidade estudantil. As obras foram realizadas com recursos do Fundo Municipal de Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb), cujos investimentos fazem parte do pacote anunciado pelo prefeito Ruiter em 2009, totalizando R$ 8 milhões.

As medidas seguem também um planejamento da prefeitura visando à implantação do Programa Mais Educação (Escola em Tempo Integral), que conta com 13 escolas credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC): Tilma Fernandes Veiga e Creche Municipal Valódia Serra; Cássio Leite de Barros; Barão do Rio Branco; Fernando de Barros e Creche Maria Candelária Pereira Leite; Luiz Feitosa Rodrigues; Izabel Corrêa de Oliveira; Clio Proença; Rachid Bardauil; Ângela Maria Perez; CAIC Padre Ernesto Sassida e CEI Catarina Anastácio da Cruz; Almirante Tamandaré; José de Souza Damy; e Pedro Paulo de Medeiros.

As reformas atenderam as escolas Ângela Maria Perez, Cyríaco Félix de Toledo, Tilma Fernandes Veiga, Clio Proença, Rachid Bardauil, Barão do Rio Branco, Pedro Paulo de Medeiros e Porto Esperança. Também foram atendidas as creches Estrelinha Verde e Inocência Cambará.

Além disso, o secretário destaca a construção de quadras poliesportivas cobertas, inclusive iluminadas, que atenderam alunos das escolas Tilma Fernandes, Ângela Maria Perez, Izabel Correa, Almirante Tamandaré, Cássio Leite de Barros, todas já entregues, além do Barão do Rio Branco, que começa em breve, todas na área urbana. Na zona rural o mesmo benefício já atendeu as escolas Luiz Albuquerque de Melo Pereira e Cáceres (Albuquerque), Monte Azul (Taquaral) e Carlos Cárcano (Urucum). Outras duas serão construídas nas escolas Eutrópia Gomes Pedroso (Tamarineiro I) e Paiolzinho (no assentamento Paiolzinho). Os investimentos somam mais de R$ 2 milhões.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional