Projeto Rondon vai atender Corumbá e região a partir do dia 5

Arquivo PMC
 

Em Corumbá, já estão programadas ações nas localidades de São Gabriel (foto) e Taquaral, dois assentamentos do município

Os municípios de Corumbá e Ladário serão atendidos a partir do dia 5 de julho pelo Projeto Rondon, realizado pelo Governo Federal em parceria com as prefeituras das duas cidades pantaneiras. As ações nas áreas de saúde e assistência humanitária às comunidades carentes da região vão até o dia 15 e serão desenvolvidas tanto na área urbana quanto na rural. A abertura dos trabalhos está marcada para as 20 horas da segunda-feira (5), no Centro de Convenções do Pantanal Miguel Gómez, sob coordenação da Secretaria Executiva de Relações Institucionais de Corumbá, que articulou a realização na região.

Criado em julho de 1967, o projeto foi relançado em 19 de janeiro de 2005, em Tabatinga (AM), após proposta encaminhada pela União Nacional dos Estudantes ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em novembro de 2003. Além de homenagear o Marechal Rondon, tem como alvo principal o desenvolvimento de comunidades distantes dos centros urbanos. Para isso, conta com a ajuda de instituições de Ensino Superior e dos universitários que transformam o ambiente comunitário e ensinam sobre o desenvolvimento sustentável.

Os trabalhos atendem capacitação de educadores do ensino fundamental para a prática de leitura, produção de textos e atendimento a portadores de necessidades educativas especiais, organização de atividades comunitárias solidárias, orientação da agricultura familiar, apoio na elaboração de projetos que atendam à infra-estrutura municipal nas áreas de saneamento básico e de meio ambiente.

Coordenado pelo Ministério da Defesa, o projeto envolve as mais diferentes áreas do Governo com apoio das Forças Armadas, que proporcionam o suporte logístico e a segurança necessária nas operações. Conta, ainda, com a colaboração dos Governos Estaduais, das Prefeituras Municipais, da Associação Nacional dos Rondonistas, da União Nacional dos Estudantes, de Organizações Não-Governamentais, de Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público e de Organizações da Sociedade Civil.

As atividades realizadas pelos rondonistas, como são chamados os professores e estudantes universitários que participam do projeto, concentram-se nas áreas de comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, tecnologia e produção e trabalho.

Em Corumbá, já estão programadas ações nas localidades de São Gabriel e Taquaral, dois assentamentos localizados no município. Outras regiões também serão atendidas, sendo que o cronograma será estabelecido a partir do dia 5, após visita dos integrantes do projeto a vários pontos da cidade. A Bolívia também integra o projeto e, no dia 15 de julho, já está prevista uma ação em Puerto Quijarro.

Antônio Carlos – Subsecretaria de Comunicação Institucional